0

Iniesta admite que Barça precisa melhorar, mas descarta "fim de ciclo"

25 abr 2013
10h19
atualizado às 10h45
  • separator
  • 0
  • comentários

O meia Andrés Iniesta, do Barcelona, garantiu nesta quinta-feira, que o clube catalão precisa sim, se aprimorar, mas está longe de poder ser decretado o fim do ciclo vencedor iniciado há algumas temporadas.

"Quando as coisas não acontecem ou estão indo mal, é preciso contar até 10, esperar que tudo se esfrie e, a partir daí parar para pensar. Se queremos seguir competindo, como estamos fazendo, devemos melhorar as coisas", comentou o espanhol, dois dias depois da derrota para o Bayern de Munique, por 4 a 0, pela Liga dos Campeões da Europa.

Iniesta garantiu melhorar não significa necessariamente mudanças no time, nem que está "dizendo que é preciso contratar quatro cinco, um ou dois jogadores".

No entanto, apesar de admitir a queda recente, o meia da seleção espanhola que os analistas estão sendo injustos com o Barcelona, uma equipe que "nos últimos cinco anos conseguiu duas Ligas dos Campeões, três semifinais da competição e está pronto para conseguir o quarto título espanhol".

"Bendito ciclo!", brincou Iniesta. "Se analisam cinco anos só pelo jogo de Munique, não adianta nada. O fim do ciclo é quando se passam anos e não se consegue nada. Nos últimos anos fizemos o suficiente para que se tenha um grande respeito a estes jogadores", comentou.

Sobre o duelo de volta contra o Bayern, no Camp Nou, Iniesta admitiu que a missão é complicada. "Temos 90 minutos pela frente. Não vou dizer que vamos fazer cinco, de forma alguma, mas é preciso ter essa mentalidade, ir para o jogo como uma final, um jogo de vida ou morte", disse o meia.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade