0

Inter supera o gramado do Centenário e vence o Caxias pelo Gauchão

13 fev 2013
21h34
atualizado às 21h35

O Centenário será a futura casa do Internacional até setembro, quando o Beira-Rio, em reforma para a Copa de 2014, poderá voltar a ser utilizado. Mas na noite desta quarta-feira, o Colorado de Dunga teve de superar as péssimas condições do gramado do Estádio Francisco Stedile, para derrotar o Caxias, time da casa, por 2 a 0, em jogo adiado da terceira rodada da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Leandro Damião e D'Alessandro marcaram os gols.

Uma chuva torrencial, que começou a cair poucos minutos antes de a bola rolar na Serra Gaúcha, castigou o gramado no primeiro tempo do jogo. O sistema de drenagem do popular Centenário deixou e muito a desejar e diversas poças d'água tomaram conta do ambiente.

Com a vitória, o Inter assumiu a liderança do Grupo B do Gauchão agora com 14 pontos. O São José-RS foi derrotado e ficou com 13. O Caxias, por sua vez, perdeu a liderança para o Lajeadense, o algoz do Zequinha.

O JOGO

O Internacional de Dunga já vinha sendo conhecido - mesmo após três partidas - por ser um time de muito toque de bola e velocidade. No entanto, nada disso foi possível no primeiro tempo do jogo desta quarta. A chuva torrencial tornou a prática de um bom futebol um verdadeiro desafio. Tanto para o time técnico do Inter, quanto para o Caxias, o dono da casa.

Em razão das péssimas condições do gramado, duas alternativas foram encontradas pelas duas equipes: finalizações de fora da área e bolas alçadas. E quem levou perigo em um primeiro momento foi o Caxias do volante Umberto: Ao evitar a saída da bola em lateral, ele quase surpreendeu Muriel, aos 24 minutos.

A situação do gramado não melhorava, mas após um pedido dos jogadores, o árbitro Daniel Bins optou por dar continuidade ao jogo. O Inter assustou o goleiro André Zuba com Forlán e o Caxias respondeu com a perigosa bola parada de Wallacer. E foi graças a um cruzamento, que o Inter abriu o placar. Gabriel recebeu de Forlán e mandou na cabeça do oportunista Leandro Damião, aos 39 minutos. Na comemoração, ele se jogou em uma das "piscinas" do Centenário.

SEGUNDO TEMPO

A chuva, o grande destaque do primeiro tempo, deu uma trégua na etapa final e, com isso, os jogadores foram os protagonistas do jogo. Mesmo sem as condições ideais para a prática de um bom futebol. Com o campo pesado, até o carro-maca não conseguiu entrar no gramado.

O Caxias teve certo controle nos primeiros minutos, mas não conseguiu concluir ao gol de Muriel com a qualidade necessária. O Inter não contava com a inspiração de Forlán - destaque contra o Pelotas -, mas chegou ao segundo gol através de D'Alessandro. O camisa 10 colorado venceu a marcação e finalizou sem defesa para André Zuba, aos 28 minutos - foi o primeiro dele em 2013.

O Caxias bem que tentou "voltar" ao jogo, mas perdeu o volante Alisson aos 33 minutos. Após um desentendimento com Fred, do Inter, ele cuspiu em Leandro Damião, que o provocou e recebeu o cartão vermelho. Com um a menos, a equipe da Serra não teve forças para buscar o empate.

PRÓXIMOS JOGOS

O Caxias volta a atuar pelo Gauchão neste domingo, quando será realizada a nona e última rodada da Taça Piratini. O adversário da equipe da Serra Gaúcha será o São José-RS, novamente no Centenário, às 16h. Já o Internacional, no mesmo dia e horário, visitará o Cruzeiro-RS no Passo D'Areia.

FICHA TÉCNICA

CAXIAS 0 X 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Francisco Stedile (Centenário), em Caxias do Sul (RS)

Data/hora: 13/2/2013 – 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Bins (RS)

Auxiliares: João Lúcio Monteiro (RS) e Vilmar Burini (RS)

Renda/Público: Não divulgados.

Cartões amarelos: Dener, Alisson e Jackson (CAX); D'Alessandro, Rodrigo Moledo, Josimar e Fred (INT)

Cartões vermelhos: Alisson, 33'/2°T (CAX)

Gols: Leandro Damião, 39'/1ºT(0-1) e D'Alessandro, 28'/2ºT(0-2).

CAXIAS: André Zuba; Jackson, Marcelo Carvalho, Jean e Dener; Umberto (Léo Korte, 32'/1ºT), Alisson, Wallacer e Renato Medeiros; Zambi e Rafael Santiago – Técnico: Picoli.

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Ronaldo Alves e Fabrício; Josimar, Elton, Fred e D'Alessandro (Maurinho, 41'/2ºT); Forlán e Leandro Damião – Técnico: Dunga.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade