0

Inter vai à final da Taça Farroupilha e vê o 42º Gauchão mais próximo

28 abr 2013
18h04
atualizado às 18h23

O tricampeonato gaúcho está cada vez mais no horizonte colorado. Campeão da Taça Piratini, o Internacional pode faturar o seu 42º título estadual já no próximo domingo, já que neste, o Inter de Dunga superou o Veranópolis, por 1 a 0, no Centenário, e se garantiu na final da Taça Farroupilha, o segundo turno do Gauchão - o Juventude, que eliminou o Grêmio no sábado, será o rival.

O placar, magro, não denuncia a superioridade que o Inter teve diante de um valente Veranópolis, rival que teve dois jogadores expulsoso na etapa final. O Colorado, que marcou com o volante Willians, só deixou a desejar na hora da conclusão no segundo tempo.

A decisão da Taça Farroupilha será no próximo domingo e novamente no Centenário, casa do Caxias, o grande rival do Juventude, já que o Inter somou mais pontos que o seu futuro rival no segundo turno - foram 22 contra 18.

O JOGO

Um primeiro tempo em que o Internacional foi melhor em campo, pressionou o adversário em diversas momentos durante os 45 minutos, criou ótimas oportunidades e, com justiça, foi para o intervalo vencendo. A vantagem é que poderia ter sido maior para um time que finalizou nove vezes, sendo seis certas, segundo os números da parceria LANCE!/FOOSTATS. O Veranópolis acertou apenas uma e errou outras cinco.

A posse de bola, 60% para o Inter e 40% para o VEC, ajuda a comprovar a superioridade dos comandados de Dunga no Centenário. Não seria nenhum exagero apostar em uma vitória do Colorado, um time que vem apresentando um bom futebol e ainda conta com jogadores como D'Alessandro, Forlán e Leandro Damião. A missão do Inter foi colcocar a teoria em prática. E foi o que aconteceu.

Fred teve boa atuação diante do Veranópilis (Foto: Ricardo Rímoli)

A pressão foi muito grande - sem qualquer exagero. Os primeiros minutos de bola rolando foram de um Inter disposto a resolver a sua vida. Willians - que marcaria o gol do jogo - obrigou João Ricardo a fazer o primeiro milagre do dia. Depois, D'Alessandro cobrou falta com categoria e o camisa 1 do VEC voltou a trabalhar muito bem.

O Inter finalmente venceu João Ricardo aos 25 minutos e quem marcou não foi Forlán ou Damião. Willians, que já havia tentado antes, recebeu de D'Ale, passou por dois e, de esquerda, finalizou sem chances para o golerio do VEC, aos 25 minutos. O Inter não diminuiu o ritmo, o Veranópolis tentou ensair uma reação, mas o primeiro tempo terminou com o Colorado vencendo por 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO

A disposição vista nos comandados de Dunga no primeiro tempo se repetiu na etapa final. O objetivo era claro: buscar o segundo gol para definir de vez a classificação à final da Taça Farroupilha. O Veranópolis, por sua vez, apostou em uma postura mais ofensiva. No entanto, a falta de tranquilidade no momento de concluir atrapalhou o VEC.

Após perder boas chances de gol com Fred e Forlán, o Inter viu o Veranópolis "colaborar". O zagueiro Edson Borges já tinha cartão amarelo e fez falta dura em Leandro Damião. Jean Pierre Gonçalves Lima não titubeou, aplicou o segundo e o Colorado ficou com uma a mais em campo, aos 18 minutos.

O valente Veranópolis não acusou o golpe e, mesmo em desvantagem numérica, buscou o empate que levaria a decisão da segunda vaga à final da Taça Farroupilha. Aos 30 minutos, por exemplo, o lateral-direito Ednei quase supreendeu o goleiro Muriel. O Inter, por sua vez, controlou as ações, viu Fininho ser expulso e celebroua mais uma final de turno.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 0 VERANÓPOLIS

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)

Data/hora: 28/04/2013 – 16h

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Auxiliares: José Antônio Franco Filho (RS) e Carlos Henrique Selbach (RS)

Renda/Público: Não divulgados.

Cartões amarelos: Ygor, D'Alessandro e Fabrício (INT); Edson Borges e Saulo (VEC)

Cartão vermelho: Edson Borges, 18'/2ºT (VEC) e Fininho, 47'/2°T (VEC)

Gol: Willians, 25'/1ºT(1-0).

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Airton (Ygor, 26'/2°T), Willians, Fred e D’Alessandro; Diego Forlán (Caio, 45'/2°T) e Leandro Damião – Técnico: Dunga.

VERANÓPOLIS: João Ricardo; Ednei, Jonas, Edson Borges e Fininho; Saulo, Eduardinho, Itaqui e Juninho (Maicon Assis, 32'/2ºT); Valdo (Fred, 21'/2ºT) e Lê (Geison) – Técnico: Julinho Camargo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade