0

Bayern busca 2º título da temporada contra Borussia na Copa da Alemanha

16 mai 2014
18h14
atualizado às 18h33

Bayern de Munique x Borussia Dortmund: a Copa da Alemanha não poderia ter final mais atrativa, entre o campeão da Bundesliga e o vice, em reedição da decisão da última edição da Champions, neste sábado em Berlim.

O time bávaro, que garantiu o título nacional com incríveis sete rodadas de antecedência, é favorito e espera levantar seu segundo troféu da temporada e amenizar a decepção da eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões.

Os comandados do técnico Josep Guardiola foram superados por 5 a 0 pelo Real Madrid no placar agregado (1-0 na Espanha e 4-0 em Munique

Já o Borussia espera repetir o feito de 2012, quando goleou o Bayern por 5 a 2 na final da Copa da Alemanha, além de dar o troco na derrota por 2 a 1 que sofreu no ano passado na decisão da competição continental.

"É mais que uma final, é uma questão de supremacia na Alemanha, afirmou o meia Thomas Muller, que reconheceu o favoritismo do seu time, mesmo achando que "a tendência é que o Borussia reduza a diferença".

O Bayern espera conquistar o 17º título na Copa da Alemanha, enquanto o time de Dortmund busca o tetracampeonato.

O palco da partida, marcada para as 20h00 locais (15h00 no horário de Brasília) é o estádio Olímpíco de Berlim, que traz ótimas lembranças aos bávaros. Foi na capital alemã que o time garantiu o matematicamente título da Bundesliga, com vitória por 3 a 1 sobre o Hertha local, no dia 25 de março.

Curiosamente, os dois confrontos entre entre Bayern e Borussia resultaram em vitórias pelo mesmo placar de 3 a 0 dos times visitantes.

Os bávaros atropelaram o rival em Dortmund em janeiro, em vitória importante para consolidar a liderança.

O Borussia deu o troco em Munique em abril, mas naquela ocasião o Bayern já tinha garantido o título e só jogava para cumprir tabela.

Neste sábado, a postura deve ser bem diferente. "Cada jogador precisa entrar em campo disposto a morrer pelos companheiros. É preciso dar tudo de si e se sacrificar pela equipe", avisou Matthias Sammer, diretor de futebol do Bayern, que também é ídolo do Borussia, com o qual conquistou a Liga dos Campeões em 1997 quando era jogador.

Guardiola não poderá repetir a 'tríplice coroa' (Bundesliga-Champions e Copa da Alemanha) conquistada sob o comando de Jupp Heynckes na temporada passada, mas espera calar os críticos que questionaram o estilo de jogo implementado pelo catalão desde a eliminação na competição continental.

O francês Franck Ribéry sente dores na coluna e já avisou que não teria condições de disputar os noventa minutos da partida.

O volante Bastian Schweinsteiger também é dúvida para a partida por causa de uma lesão no joelho.

Thiago Alcântara, filho de Mazinho, é desfalque certo por ter sofrido uma recaída na sua lesão no joelho e também está fora da Copa do Mundo no Brasil, que se preparava para disputar com a seleção espanhola.

Já o polonês Robert Lewandowski, artilheiro da Bundesliga com 20 gols marcados, vive situação peculiar. Maior estrela do Borussia, o atacante de 25 jogará justamente no Bayern na próxima temporada.

O time de Dortmund vem de ótima sequencia, com sete vitórias e dois empates nas últimas nove partidas. Além de Lewandowski, o técnico Jurgen Klopp aposta no talento de Marco Reus, que marcou oito gols e deu cinco assitências nesses nove jogos.

"Precisamos ser valentes. Não podemos ser como todas essas equipes, que nos últimos anos perderam este tipo de jogos antes mesmo de disputá-los", resumiu o zagueiro Mats Hummels.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade