1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Bayern dá adeus a técnico; veja quem sobe e quem desce com Guardiola

21 mai 2013
08h28
atualizado às 08h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O Bayern de Munique dará adeus ao seu treinador, Jupp Heynckes, ao final desta temporada, seja qual for o resultado da final da Liga dos Campeões contra o Borussia Dortmund, no próximo sábado, em Wembley. O espanhol Pep Guardiola já está acertado para substituir o técnico alemão, 68 anos, que, a princípio, deve se aposentar após duas temporadas no comando do time bávaro. E não são poucos que esperam uma mudança de estilo, mesmo com o futebol atual da equipe sendo apontado como um dos melhores do mundo.

<p>Nomes como Van Buyten, Tymoschuk, Robben e Gomez devem perder espaço com novo técnico</p>
Nomes como Van Buyten, Tymoschuk, Robben e Gomez devem perder espaço com novo técnico
Foto: AP

Mude ou não a forma de jogar do Bayern de forma imediata, o certo é que Guardiola é um treinador com ideais definidos. Multicampeão com o Barcelona, ele valoriza a posse de bola, a marcação pressão, a troca de posições no ataque e o deslocamento constante para receber o passe. Por isso, o Terra aponta quem deve subir e quem deve descer dentro do elenco do Bayern com a chegada do treinador catalão.

Sobe: Javi Martínez
O volante espanhol tem todas as características que Guardiola admira na posição: energia para pressionar na marcação, categoria no passe e ótimo senso de posicionamento. Martínez era alvo de mercado do Barcelona na última temporada, mas a negociação com o Bilbao não se desenvolveu como o esperado, e o jogador acabou indo para o Bayern.

Desce: Van Buyten
Zagueiro de grande porte físico e bom na bola aérea, mas sem velocidade, o belga não se encaixa muito bem na proposta de jogo de marcar no campo do adversário. Foi notório no jogo de volta contra o Barcelona, quando Van Buyten jogou no lugar de Dante, que o Bayern adotou uma postura mais recuada – também pelo fato de ter vencido a ida por 4 a 0.

Sobe: Schweinsteiger
Se existe um jogador que pode ser no Bayern de Guardiola o que Xavi foi para o Barcelona, é Schweinsteiger. O meio-campista alemão é mestre em controlar o ritmo da partida, se apresenta a todo momento para o jogo e raramente erra passes. Já é peça fundamental do Bayern, mas sua importância pode ser aumentada ainda mais.

Desce: Tymoschuk
Aos 34 anos, o volante ucraniano já não é muito utilizado no time atual do Bayern. Apesar de ser útil em casos de lesão, por jogar também na zaga e ser experiente, Tymoschuk deve perder espaço com Guardiola, que prefere atletas mais dinâmicos e técnicos.

Sobe: Müller
Thomas Müller é o típico jogador adorado por um técnico como Guardiola. O meia-atacante é taticamente muito inteligente, sempre se posicionando bem, dando opção aos colegas e ajudando na marcação. Deve evoluir ainda mais sob o comando do espanhol.

Desce: Robben
Apesar de ser indiscutivelmente habilidoso e possuir um canhão na perna esquerda, o ponta holandês é o contrário do ideal de Guardiola: individualista, muitas vezes prefere arriscar sozinho a dar um passe para o companheiro. Nos jogos contra o Barcelona, mostrou disciplina tática para marcar. Caso melhore esse aspecto, o talento de Robben pode mantê-lo no time.

Sobe: Götze
A polêmica contratação do Bayern, tirando a jovem estrela do rival Borussia Dortmund, é perfeita para o estilo de Guardiola. Götze é versátil e dinâmico, e já foi testado na seleção alemã como atacante – a mesma posição de "falso nove" que Messi desempenha no Barcelona. Pode ser o jogador que mudará o estilo do Bayern.

Desce: Gómez
Centroavante de ofício, Mario Gómez já perdeu espaço na temporada 2012/2013 para o croata Mandzukic, que se movimenta mais e ajuda mais na marcação. Com Guardiola, suas chances devem diminuir ainda mais. A menos que se contente como opção de banco, deve procurar novos ares na próxima temporada.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade