PUBLICIDADE

Futebol alemão supera gigantes europeus em faturamento

7 ago 2009 - 09h57
(atualizado às 18h56)
Publicidade

Se o futebol brasileiro busca um exemplo para tornar a Série A um produto forte, pode se mirar no Campeonato Alemão. Com mais uma edição sendo aberta nesta sexta-feira, a Alemanha pode celebrar um produto economicamente forte, uma liga equilibrada tecnicamente e que mata a sede da população germânica pelo esporte.

» Veja as fotos dos brasileiros na Alemanha
» Confira os candidatos ao título na Alemanha
» Rei do equilíbrio, Campeonato Alemão começa cheio de favoritos

Na última temporada, mais uma vez o Campeonato Alemão foi o dono do melhor índice de público em toda a Europa. Com a disputa mais parelha do continente, 42.548 torcedores, em média, compareceram aos jogos da primeira divisão, que chegou à última rodada com quatro candidatos ao título. A segunda divisão, acredite, é dona do nono melhor índice europeu.

Entre os 10 clubes europeus com melhores médias de público na última temporada, quatro eram alemães: Borussia Dortmund (o segundo, com 74.626), Bayern de Munique (o quarto, com 69.001), Schalke 04 (o sexto, com 61.412) e o Hamburgo (o décimo, com 54.701).

Estádio cheio traz dinheiro

Com um público que adora ir aos estádios, todos remodelados desde a última Copa do Mundo, a Alemanha também celebra seu poder de patrocínio. Atualmente, nenhuma outra liga europeia arrecadada mais com as marcas na camisa que a Bundesliga, como se chama o torneio nacional por lá.

São 118 milhões de euros (R$ 277 milhões), mais até que a poderosa Liga Inglesa. Só o Bayern de Munique, com a Deutsche Telekom, dona da marca T-Home, leva 20 milhões de euros (R$ 52,3 milhões), o que significa o segundo maior faturamento da Europa, apenas atrás do Manchester United, que fechou contrato recentemente com a Aon Corporation, levando 3 milhões de euros a mais por temporada. O Schalke 04, com a Gazprom, recebe números próximos em relação aos bávaros.

Em projeção realizada há um ano pela empresa StageUp, os clubes alemães devem superar os italianos em faturamento dentro de um prazo próximo, ficando atrás apenas dos ingleses em todo o mundo. Na última temporada, pelo quarto ano seguido, as 36 equipes das duas primeiras divisões registraram aumento em arrecadação consecutivamente: 1,93 bilhão de euros (R$ 5,7 bilhões de reais na cotação da época), com um crescimento de 10,7% em período pré-crise econômica mundial.

Todo esse faturamento, diga-se de passagem, sem encher o bolso com a venda de atletas. Na janela de transferências, aberta até 31 de agosto, os clubes da primeira divisão alemã foram os que menos arrecadaram com negociações entre as cinco principais ligas da Europa: 107 milhões de euros (R$ 282 milhões), cerca de 30% menos que os ingleses.

Futebol alemão é um sucesso nos gramados europeus
Futebol alemão é um sucesso nos gramados europeus
Foto: Getty Images
Fonte: Redação Terra
Publicidade