6 eventos ao vivo

Invicto há 47 jogos, Bayern pode conquistar Alemão em março

24 fev 2014
18h59
atualizado às 19h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O Bayern de Munique, treinado nesta temporada por Josep Guardiola, caminha a passos largos rumo à quebra de mais um recorde: conquistar a Bundesliga em março, já que tem atualmente 19 pontos de vantagem sobre o principal perseguidor e 12 rodadas a jogar.

<p>Guardiola pode quebrar recordes no Bayern de Munique</p>
Guardiola pode quebrar recordes no Bayern de Munique
Foto: AFP

Após a goleada de domingo sobre o Hannover (4 a 0), o atual campeão da Europa chegou a 47 jogos de invencibilidade na Bundesliga, aumentando o próprio recorde, e chegou a 14 vitórias seguidas, uma a menos que o recorde de 2005.

Na Alemanha, a pergunta não é se o Bayern conquistará o 24º título da Bundesliga, mas quando isto será feito.

Se continuar neste ritmo, e levando em conta a atual vantagem em relação ao Bayer Leverkusen, segundo colocado, a equipe bávara poderia comemorar o Campeonato no dia 29 de março, quando receber o Hoffenheim na Allianz Arena de Munique.

Se vencer as próximas seis partidas, a conquista acontecerá nesta data, independente dos resultados dos rivais.

O Bayern, treinado por Jupp Heynckes, bateu o recorde na temporada passada, levantando o troféu da Bundesliga na 28ª rodada, em 6 de abril de 2013, quando faltavam seis partidas para o fim da competição. Nunca na história do Campeonato Alemão, porém, um clube conquistou o título em março.

A equipe de Guardiola poderia até ser sagrada campeã ainda mais cedo, caso consiga aumentar a vantagem em relação aos perseguidores nas próximas semanas, nas quais enfrentará Schalke 04, Wolfsburg, Leverkusen, Mainz e Hertha Berlim. Os três próximos rivais do Bayern estão entre os cinco primeiros classificados da Bundesliga.

Vale lembrar que Guardiola pode ser "beneficiado" pelo fato de o Campeonato Alemão 2013-2014 ter começado mais cedo nesta temporada (9 de agosto ao invés de 24 de agosto) por causa da disputa da Copa do Mundo do Brasil, em junho.

Mas este não é o único recorde que pode ser quebrado pelo Bayern de Guardiola, que parecia não ter como fazer campanha melhor do que Heynckes, seu antecessor na temporada passada.

Guardiola tem ao alcance a possibilidade de conquistar o título da Bundesliga com a maior vantagem em relação ao segundo colocado (25 pontos no ano passado), assim como terminar a temporada com a melhor defesa da história (a equipe sofreu apenas nove gols, o recorde é de 18).

Brasileiro marca na goleada do Bayern de Munique; veja gol

O Bayern parece imparável, principalmente se levado em conta a irregularidade dos rivais. No último fim de semana, Leverkusen, Dortmund e Schalke (segundo, terceiro e quarto na tabela) só conseguiram somar um pontos juntos.

"Temos um ritmo e queremos manter esse ritmo", explicou o diretor-esportivo do Bayern, Matthias Sammer, após a vitória sobre o Hannover.

"Vimos os resultados das outras equipes e sabíamos que podíamos ampliar nossa liderança. É isso que queríamos fazer", completou.

O Bayern parece ter condições de repetir a tríplice coroa da temporada passada (Bundesliga, Copa da Alemanha e Copa da Alemanha), conquistada pela primeira vez por um clube alemão.

A equipe de Guardiola já tem um pé nas quartas de final da Liga dos Campeões, após derrotar na semana passada o Arsenal por 2 a 0 em Londres, na partida de ida das oitavas, e disputará em abril uma vaga na final da Copa da Alemanha contra o Kaiserslautern, um clube de tradição que hoje atua na segunda divisão.

O pique da equipe chega a assustar até as lendas do clube bávaro. "Estou entusiasmado", exaltou o presidente de honra do Bayern, Franz Beckenbauer.

Após conquistar 14 títulos em quatro anos à frente do Barcelona, Guardiola tenta instaurar a fome de títulos no clube alemão.

"É difícil para os jogadores se concentrarem nos treinos", admitiu o técnico. "Tenho que trabalhar mais, para mim é um sonho ganhar um título com este clube", disse o catalão.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade