3 eventos ao vivo

Futebol Internacional

Zagueiro belga não resiste a infarto e morre aos 23 anos

Walter Saenen / AP
11 mai 2015
09h12
atualizado às 09h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Foi confirmada nesta segunda-feira a morte de Tim Nicot, zagueiro do Beerschot-Wilrijk, que sofreu um infarto durante um amistoso no último sábado, disputado na cidade belga de Hemiksem. O jogador de 23 anos foi vítima de uma parada cardíaca ainda em campo e, apesar de ser conduzido ao hospital, passou as últimas 24 horas em coma e teve morte cerebral decretada pela equipe do hospital.

Integrante da terceira divisão do futebol belga, o Beerschot-Wilrijk disputava um amistoso perto da província da Antuérpia quando o atleta teve o ataque fulminante. Nicot ainda chegou a ser reanimado em campo por meio do uso do desfibrilador, mas não resistiu à cirurgia cardíaca realizada no hospital universitário da cidade e morreu após permanecer em coma induzido desde sábado.

O caso de Nicot é a segunda morte por infarto no futebol belga desde o último mês. Em abril, o zagueiro Gregory Mertens, que disputava a primeira divisão defendendo as cores do Anderletch, morreu após desmaiar em campo. O site oficial do Beerschot reforça que o atleta "lutou como um urso" pela vida, e que passou seus últimos momentos cercado pela família e amigos.

Por meio de uma nota, a equipe reconheceu que "ainda procura palavras certas para expressar os sentimentos e as dores nesse momento". Antes de Nicot e Mertens, outro jogador belga havia morrido e comovido o planeta: o volante Junior Malanda, do Wolfsburg, sofreu acidente de carro no início de 2015 e faleceu aos 20 anos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade