0

Aos 45 anos, morre Tito Vilanova, ex-treinador do Barcelona

25 abr 2014
13h23
atualizado em 2/12/2014 às 12h10
  • separator
  • comentários

Morreu, nesta sexta-feira, o espanhol Tito Vilanova, aos 45 anos. Ex-treinador do Barcelona, ele saiu do time em 2013 para cuidar de um câncer na garganta. Seu estado de saúde piorou recentemente e ele teve que passar por uma cirurgia de emergência na quinta-feira. Apesar de ter ficado estável logo depois, seu estado piorou e ele não resistiu.

<p>Tito descobriu o câncer em 2011 e, dois anos depois, teve que deixar o Barcelona para só tratar da doença</p>
Tito descobriu o câncer em 2011 e, dois anos depois, teve que deixar o Barcelona para só tratar da doença
Foto: EFE

Tito Vilanova foi jogador de futebol, mas teve uma carreira discreta. Atuou por times pequenos como Celta, Mallorca e Elche. Encerrou sua carreira como meio-campista em 2002.

Depois disso, Tito estudou para virar treinador. Sua primeira experiência foi no Barcelona B, em 2007, mas rapidamente ele ganhou a confiança de Pep Guardiola e se tornou assistente do treinador que marcou uma era na equipe catalã. Em agosto de 2011, durante a final da Supercopa da Espanha, aconteceu um dos primeiros momentos em que Tito se destacou na mídia: ele discutiu com José Mourinho, então no Real Madrid que chegou a acertar seu olho com o dedo. Porém, em pouco tempo o espanhol e o português se reconciliaram.

<p>Tito substituiu Guardiola e depois eles tiveram um desentendimento</p>
Tito substituiu Guardiola e depois eles tiveram um desentendimento
Foto: AP

Em 2012, Guardiola deixou o Barcelona e indicou o assistente como seu substituto natural para manter o padrão de jogo da equipe. Tito já tinha operado para retirar o câncer na garganta um ano antes e por isso foi assinado um contrato de duas temporadas.

Porém, Tito só conseguiu ficar no comando por um ano. Durante esta única temporada como treinador efetivo, ele ficou dois meses afastado para tratar o tumor em Nova York. Guardiola estava morando na cidade, vivendo um período afastado do futebol, mas não foi visitar o amigo, o que gerou polêmica e discussões públicas entre os dois. Porém, no final de 2013, o atual técnico do Bayern de Munique foi para Barcelona e fez as pazes com Tito.

Depois do tratamento em Nova York, Tito voltou ao comando do Barcelona e foi campeão espanhol, inclusive porque este problema do técnico motivou os jogadores. Tito sempre foi muito querido pelo elenco.

<p>Filho de Tito é zagueiro nas categorias de base do Barcelona</p>
Filho de Tito é zagueiro nas categorias de base do Barcelona
Foto: Twitter / Reprodução

No final da temporada, porém, Tito saiu do Barcelona para cuidar apenas do seu tratamento. Desde então, sempre pediu privacidade - queria ficar com sua família e cuidar da doença com tranquilidade. Nem mesmo o clube catalão divulgava relatórios sobre seu estado de saúde, que só passou a ser conhecido novamente quando ele foi internado na Clínica Quirón, em Barcelona, devido a complicações gástricas.

Tito Vilanova deixa sua mulher, Montse Chaure, e dois filhos. Um deles, Adriá, 17 anos, joga nas categorias de base do Barcelona. Ele atua como zagueiro central, se destaca na posição e já treinou com o elenco profissional em raras ocasiões.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade