publicidade
28 de setembro de 2013 • 18h51 • atualizado às 19h28

Com gol de Diego Costa, Atlético bate Real fora e iguala recorde

 

O Atlético de Madrid venceu um dos maiores desafios no Campeonato Espanhol, neste sábado. No clássico diante do Real, mesmo fora de casa, o time fez 1 a 0, gol do brasileiro Diego Costa. A vitória é um importante passo na briga pelo título com o Barcelona - os dois times estão com 100% de aproveitamento, com cinco pontos de vantagem para o próprio Real. A marca de sete vitórias nos primeiros sete jogos é um recorde histórico, que já tinha sido alcançado por Barcelona mais cedo e agora foi igualado pelo Atlético.

Demorou apenas 11min para Diego Costa abrir o placar contra o Real Madrid. Após erro de Di María na saída de jogo, o brasileiro foi lançado de frente para o gol e mostrou frieza na finalização.

Depois disso, o Real tentou correr atrás, mas só levou perigo em jogadas aéreas. Benzema recebeu dois cruzamentos, aos 21 e 26min, mas Courtois defendeu o primeiro cabeceio e depois só viu a bola ir caprichosamente para fora no segundo.

Diego Costa abriu o placar com 11min de jogo
Foto: AFP

Mas o Atlético respondeu na mesma moeda e de forma até mais perigosa. Aos 28min, Tiago ficou livre na área, mas cabeceou para fora. E no final do primeiro tempo, a chance de Godín foi ainda maior, mas Diego López defendeu tanto a finalização quanto o rebote, na sequência.

Em busca de recuperação, o Real Madrid voltou do intervalo com mudanças: as entradas de Gareth Bale e Luka Modric. E apesar de melhorar, o time da casa passou a ter dificuldade para segurar os contra-ataques. Em um deles, Diego Costa ficou de frente para o gol, mas Diego López defendeu. Mais tarde, aos 35min, Koke acertou o travessão em um belo chute colocado de dentro da área.

Sem qualquer padrão tático ou organização, o Real passou a depender de jogadas individuais dos principais atletas, que não estavam bem. A principal oportunidade só saiu aos 38min, quando Khedira cruzou da direita e Morata arriscou de voleio, mas Courtois defendeu. Aos 44min, na base do desespero, ainda surgiu outra chance nos pés de Morata, dentro da área, mas ele mandou para fora o empate do Real.

 

Terra