1 evento ao vivo

Cristiano Ronaldo pede salário de R$ 81,6 milhões e força saída do Real

17 mai 2013
20h50
atualizado às 22h47
  • separator
  • comentários

Cristiano Ronaldo mantém a postura com Florentino Pérez pela renovação e decidiu por fazer exigências que estão fora dos preços do mercado para forçar o Real Madrid a vendê-lo no final da temporada europeia.

<p>Cristiano Ronaldo pode deixar o Real Madrid</p>
Cristiano Ronaldo pode deixar o Real Madrid
Foto: EFE

O português pediu ao Real a devolução dos direitos de imagem, consciente de que é algo impossível para o clube cumprir (algo que foi negado para David Beckham e Kaká), além de receber 15 milhões de euros (cerca de R$ 39 milhões) livres de impostos.

Segundo a legislação espanhola, as rendas superiores a 300 mil euros (R$ 783,5 mil) anuais devem pagar 56% de impostos na Catalunha e 52% na Comunidade de Madri. Isto significa, no caso do craque português, que o Real precisaria desembolsar anualmente 31,25 milhões de euros (R$ 81,6 milhões) para livrar o jogador dos impostos.

Cristiano Ronaldo se reuniu com o clube no início da temporada para comunicar o desejo de renovar somente com um polpudo aumento, além de ter informado o interesse de outros clubes (como PSG e Manchester United) em seu futebol. A resposta que o português obteve foi que só seria negociado "se o dinheiro fosse usado para contratar Messi". Por conta disso, o astro passou a manifestar a "tristeza", fato que aumentou a cisão entre o técnico José Mourinho e a diretoria.

O jogador português, então, tomou a decisão de deixar o Real Madrid no final do contrato, em junho de 2015, para forçar a venda no próximo verão europeu, antes da Copa do Mundo. O problema é que Florentino Pérez, presidente do Real que deve ser reeleito nos próximos meses, se verá obrigado a negociá-lo para não perdê-lo de graça.

Cristiano Ronaldo deixou claro que o destino será o Manchester United, e o Real, ciente da possibilidade da saída, aproveitou para entrar novamente na disputa com o Barcelona pelo acerto com Neymar.

O português fez um pedido que sabe que o Real não poderá cumprir. Um salário de 31,25 milhões de euros brutos e 100% dos direitos de imagem. Isto deve obrigar Florentino a negociá-lo, enquanto o Manchester se prepara para trazer de volta a Old Trafford um grande ídolo.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade