0

Manchester aceita oferta "recorde" do Real por C.Ronaldo

11 jun 2009
06h02
atualizado às 13h45
  • separator
  • comentários

O Manchester United aceitou uma oferta de 80 milhões de libras (cerca de R$ 256 milhões) do Real Madrid pelo meia-atacante português Cristiano Ronaldo, informou o clube inglês. A proposta foi considerada pelo grupo como "recorde mundial" - a maior venda havia sido a de Zinedine Zidane da Juventus para o clube espanhol por 75 milhões de euros (cerca de R$ 205 mi em valores atuais), em 2001.

» Veja fotos dos 10 mais caros da história
» Saiba quais são as 10 maiores vendas do futebol
» Estudo diz que Kaká pode ser novo Beckham
» Real confirma contratação de Kaká
» Real comemora "jogador mais completo"

"A pedido de Cristiano Ronaldo, que expressou mais uma vez seu desejo de partir, e após uma discussão com o representante do jogador, o (Manchester) United autorizou o Real Madrid a conversar com o atleta", informou um comunicado oficial do clube.

"O Manchester United considera que o assunto estará encerrado, no mais tardar, no dia 30 de junho, e até então não emitirá nenhum outro comunicado", finalizou a nota.

Cristiano Ronaldo, eleito melhor jogador do mundo em 2008, se transformou nos últimos anos, ao lado do brasileiro Kaká, no maior desejo do clube madrilenho.

O Real confirmou a oferta pelo craque e informou, em sua nota, que "espera alcançar um acordo com o jogador nos próximos dias".

Depois de acertar a contratação de Kaká, o novo presidente do Real, Florentino Pérez, disse no começo desta semana que faria o possível para levar o português para o Santiago Bernabéu.

Com a chegada provável de Cristiano, o Real Madrid começa a montar os "galácticos" novamente. No início da década, o clube contou no mesmo time com estrelas como Ronaldo, Raúl, Beckham, Zidane e Figo.

Carreira

Revelado no Sporting, Cristiano foi negociado com o Manchester United em 2003, quando tinha apenas 18 anos. Com a camisa do clube, foi tricampeão inglês, conquistou uma Copa dos Campeões e um Mundial de Clubes, além de ter levado os melhores prêmios de melhor jogador em 2008.

Pela seleção portuguesa, o astro ajudou a equipe comandada na época por Luiz Felipe Scolari no vice da Euro 2004 e na ótima campanha do Mundial da Alemanha de 2006, quando chegou à semifinal.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade