0

Mourinho diz ter consciência tranquila, e Casillas não polemiza

24 dez 2012
08h31
atualizado às 11h36
  • separator
  • 0
  • comentários

José Mourinho deixou a polêmica Madri para passar as suas festas de fim de ano em Lisboa. Ao desembarcar no aeroporto da capital portuguesa, o treinador foi recepcionado por dezenas de jornalistas. Todos ávidos por uma declaração a respeito do goleiro Iker Casillas. Interpelado sobre o caso, o comandante foi breve e repetiu o discurso adotado anteriormente. 

Em desembarque em Portugal, Mourinho se diz tranquilo com situação do Real Madrid
Em desembarque em Portugal, Mourinho se diz tranquilo com situação do Real Madrid
Foto: JUAN MEDINA / Reuters

"Eu tenho a minha consciência tranquila. Faço o melhor por minha equipe ou pelo menos tento", limitou-se a dizer o técnico português. Enquanto despista sobre o tema e passa o Natal ao lado de seus parentes, Mourinho é bombardeado pela imprensa espanhola. As enquetes promovidas por sites locais dizem que o treinador está forçando a sua saída após entrar em rota de colisão com o presidente Florentino Pérez.

O jornal Marca chegou a publicar no último domingo que o meia Lucas, do São Paulo, seria um dos principais envolvidos no conflito interno com a diretoria. A publicação diz que todas as contratações pedidas pelo técnico foram negadas pela diretoria. A decisão de colocar Casillas no banco teria sido apenas o estopim de uma crise desencadeada na última janela de transferências europeia.

Longe de qualquer polêmica, o goleiro merengue segue participando dos eventos de fim de ano. Escalado para uma partida beneficente no último fim de semana, o atleta não quis comentar sobre as declarações de seu comandante e se esquivou de qualquer pergunta mais aprofundada sobre o caso. Para o ídolo do Real Madrid, a decisão tomada por Mourinho deve ser respeitada e a resposta terá de ser dada nos treinamentos e jogos da equipe.

"Dizer que o Adán (goleiro reserva) está melhor do que eu é um critério do treinador. Eu venho bem e preciso acatar a decisão do chefe. Tenho que treinar muito mais porque temos um grupo muito bom. Existe muita competência entre todos e não só entre eu e Adán", resumiu Casillas, que chegou a postar uma fotografia em sua página no Instagram com uma mensagem motivacional. Perguntado se a publicação teria relação com a sua ida para a reserva, o goleiro negou: "nada a ver".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade