0

Torcedores do Manchester United reagem com inveja e saudade

6 jul 2009
22h18

Alguns torcedores do Manchester United bem que tentaram não acompanhar a transmissão da apresentação de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, mas não conseguiram. E os sentimentos foram dos mais variáveis.

» Veja as fotos da apresentação
» Torcida lota o Santiago Bernabéu
» Veja fotos de C. Ronaldo brincando com a bola
» Confira as 25 maiores vendas
de jogadores da história do futebol

Cristiano Ronaldo beija camisa do Real Madrid. Apresentação foi acompanhada por fãs do Manchester United
Cristiano Ronaldo beija camisa do Real Madrid. Apresentação foi acompanhada por fãs do Manchester United
Foto: EFE

» Real Madrid apresenta Cristiano Ronaldo


» Comente a ida de C. Ronaldo ao Real

No principal fórum de discussão de torcedores do Manchester United Cristiano Ronaldo foi poupado, mas o Real Madrid não. A grandiosidade do evento, que reuniu mais de 80 mil pessoas no Santiago Bernabéu, foi transmitido para todo o mundo e que contou com a presença de ídolos do passado, como Di Stéfano e Eusébio, além da coleção de taças do Real Madrid na Liga dos Campeões, foi muito criticada pelos ingleses.

Descontentes, alguns fãs do Manchester United criticaram tanta festa pela contratação de seu ex-ídolo. Uma pontinha de inveja que fez com que alguns lembrassem a apresentação do atacante Antonio Valencia, do Wigan, contratado para substituir o português. Algo bem modesto, sem a presença maciça de torcedores e imprensa.

O desejo mais expresso era que o Barcelona, maior rival do Real Madrid e algoz inglês na final da Liga dos Campeões neste ano, conquistasse tudo mais uma vez e fizesse o sonho da nova era dos "Galácticos" do Real Madrid naufragar logo no primeiro ano.

Mas o que doeu alguns torcedores foi o fato de Cristiano Ronaldo ter beijado o escudo do Real Madrid. Um torcedor questionou aos demais se eles se lembravam de Cristiano Ronaldo, nos seis anos que esteve na Inglaterra, ter feito o mesmo gesto. Mas boa parte dos fãs tratou de minimizar o fato e lembrar que em todo tempo que ele defendeu o Manchester United, Cristiano Ronaldo correspondeu e deu títulos.

Fonte: Redação Terra
publicidade