PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Alemã

Meu time

Polônia surpreende e derruba favorita Alemanha em Varsóvia

11 out 2014 17h44
| atualizado às 18h41
ver comentários
Publicidade

Atual campeã mundial, a Alemanha perdeu pela segunda vez após a Copa do Mundo 2014. Neste sábado, a seleção foi surpreendida pela Polônia por 2 a 0, no Estádio Nacional de Varsóvia, em partida válida pela segunda rodada do Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

Foto: Janek Skarzynski / AFP

O resultado deixa os alemães na terceira colocação da chave, com três pontos. O carrasco da tetracampeã mundial soma seis e só não está na liderança por conta de um gol a menos do que a rival Irlanda, que lidera.

A Alemanha pressionou a Polônia durante grande parte do duelo deste sábado e obrigou o goleiro Szczesny a trabalhar. A equipe visitante acertou uma bola na trave, mas não foi eficiente e muito menos apresentou a mesma velocidade da Copa do Mundo.

A Polônia montou uma verdadeira resistência defensiva. E quando saiu em velocidade foi fatal. Milik e Mila anotaram os gols dos anfitriões, ambos no segundo tempo. Antes de ser superada pela Polônia, a Alemanha havia sido derrotada pela Argentina por 4 a 2, em amistoso em agosto.

Na terça, a Polônia recebe a Escócia, no mesmo estádio, às 16h45 (de Brasília), pela terceira rodada, enquanto a Alemanha encara a Irlanda, no mesmo horário, em Gelsenkirchen.

Pelo Grupo I, que teve Portugal folgando, a Albânia, que derrotou os lusitanos na primeira rodada, aprontou de novo e arrancou um empate com a Dinamarca por 1 a 1, em Elbasan, e divide a liderança com o adversário, com quatro pontos cada. A outra partida da chave, entre Arêmina e Sérvia, teve o mesmo placar.

Já a Irlanda do Norte é a grande surpresa do Grupo F, do qual é líder isolado, com seis pontos, depois de ter feito 2 a 0 em Ilhas Faroe como mandante. Os outros dois jogos da chave, entre Finlândia e Grécia e entre Romênia e Hungria terminaram com placar igual: 1 a 1.

Foto: Janek Skarzynski / AFP
Foto: Janek Skarzynski / AFP

(Fotos: Janek Skarzynski/AFP)

Fonte: Lancepress! Lancepress!
Publicidade
Publicidade