0

Leonardo pode ter sua pena agravada após confusão com árbitro

2 jul 2013
12h49

Suspenso por nove vezes por ter 'esbarrado' em um árbitro, o brasileiro Leonardo, diretor de futebol do Paris Saint-Germain, corre o risco de ter sua pena agravada em recurso julgado nesta quarta-feira pela comissão de apelação da Federação Francesa de Futebol.

O ex-lateral tetracampeão em 1994 foi convocado para dar explicações sobre o incidente com o árbitro Alexandre Castro, que também comparecerá diante da comissão.

No dia 5 de maio, o brasileiro foi flagrado por câmeras de televisão dando um 'esbarrão' no juiz no corredor que leva ao vestiário do estádio Parque dos Príncipes após o empate em 1 a 1 pelo Campeonato Francês.

O clube parisiense também foi sancionado, com a perda condicional de três pontos caso outro incidente do tipo aconteça novamente.

No dia 30 de maio, Leonardo apresentou sua defesa diante da Comissão Disciplinar da Liga Profissional de Futebol da França, alegando que não tinha empurrado Castro de forma proposital.

A LFP ignorou seus argumentos e suspendeu o dirigente do PSG por nove meses. Com a punição, o brasileiro não pode ter mais acesso ao banco de reservas nem ao vestiário e está suspenso de todas as suas funções oficiais.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade