1 evento ao vivo

PSG e Mônaco podem mudar imagem do Campeonato Francês

8 ago 2013
16h13

A temporada do Campeonato Francês começa nesta sexta-feira e o ritmo deverá ser ditado pelo duelo entre os dois 'novos ricos' do futebol do país, o Paris Saint-Germain e o Mônaco, dois clubes que podem dar um alento à Ligue 1 após anos de mediocridade.

A Liga francesa deverá atrair interesse mundial e melhorar sua imagem, graças a esses dois clubes e aos milhões de dólares de origem catariana e russa. Com três dos melhores atacantes do mundo como atração (Ibrahimovic e Cavani em Paris, Falcao no Mônaco), a França, que ocupa a sexta colocação no ranking da Uefa dos melhores Campeonatos do continente europeu, espera um crescimento de qualidade para sair do marasmo.

A principal preocupação, porém, é a criação de uma competição com apenas duas potências, que será dominada daqui em diante pelo poderio financeiro de magnatas russos e xeques árabes. O fato é que dificilmente o título não ficará com o PSG ou Mônaco.

Nesta temporada, o PSG ainda deve ter alguma vantagem sobre o rival. Após um começo hesitante, os parisienses não encontraram muita dificuldade para conquistar o título nacional da temporada passada, terminando dez pontos à frente de seu grande rival, o Olympique.

"Tivemos um começo muito ruim no ano passado, precisamos tomar cuidado para não repetir os mesmos erros", lembrou o lateral Christophe Jallet.

"Todos dizem que ser campeão da França acaba colocando mais pressão na equipe no ano seguinte, mas isso é lógico e normal", completou o novo técnico da equipe, Laurent Blanc.

O status de favorito da equipe da capital francesa só aumentou com a transferência recorde de Cavani (64 milhões de euros), artilheiro do Campeonato Italiano com o Napoli (29 gols), que deverá fazer dupla de ataque impressionante com o sueco Ibrahimovic.

Por outro lado, as saídas do treinador Carlo Ancelotti e do dirigente Leonardo aliadas à chegada de Laurent Blanc podem afetar o rendimento do clube, dando esperança ao Mônaco, clube que recebeu investimento colossal do bilionário russo Dmitry Rybolovlev.

Já o clube do Principado não economizou na sua volta à elite do futebol francês, gastando 150 milhões de euros na janela de transferência, com o colombiano Falcao como principal estrela da companhia.

Além do 'Tigre', o Mônaco conta agora com os serviços do colombiano James Rodriguez, do português Moutinho e dos franceses Toulalan e Abidal.

As outras equipes devem ter que se contentar com as sobras. Com pouco dinheiro em caixa, o Olympique recrutou Payet, Khlifa e Imbula (eleito melhor jogador da segunda divisão), enquanto o Lyon, que segue um plano de austeridade, terá que se contentar com Danic, Miguel Lopes e Bedimo após as saídas de nomes como Michel Bastos, Lovren, Lisandro Lopez, Réveillère e Monzon.

As surpresas da última temporada, o Nice (4ª), com o atacante Cvitanich, e o Saint-Étienne (5º), que não conta mais com Aubameyang, devem se manter na briga por uma vaga na Liga Europa.

No jogo inaugural da temporada 2013-2014, os dois últimos campeões se enfrentarão quando o Montpellier receber o PSG no nesta sexta-feira.

No sábado, O Mônaco viaja a Bordeaux para sua estreia no Campeonato Francês.

--- Programação da primeira rodada do Campeonato Francês 2013-2014 (horários de Brasília):

(13h30) Montpellier - Paris Saint-Germain

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade