0

Wenger se irrita com declarações de dirigente sobre Fabregas

17 abr 2010
08h57
atualizado às 09h20

As declarações do presidente do Arsenal Hill-Wood continuam repercutindo mal dentro do clube. Desta vez, quem se manifestou sobre a possível reunião que o dirigente teve com o Barcelona, para negociar a transferência do meia Cesc Fabregas, foi o treinador Arsene Wenger.

Segundo o jornal Marca, Hill-Wood disse ter recebido do clube espanhol garantias de que não tentaria contratar Fabregas na próxima janela de transferências, no meio deste ano. E ainda declarou que o meia não estaria apto a jogar no time campeão do mundo, o que irritou o jogador.

Wenger afirmou desconhecer tal conversa, e que não pretende vender nenhum de seus jogadores, principalmente seu capitão, formado nas categorias de base do Barcelona. Fabregas é jogador do Arsenal desde os 16, e sempre se mostrou muito ligado a seu atual clube.

O treinador do Arsenal não pretende vender seus jogadores
O treinador do Arsenal não pretende vender seus jogadores
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra
publicidade