0

Após agressão de Totti, Balotelli acusa rival de racismo

7 mai 2010
08h36
atualizado às 08h45

De volta ao time da Inter de Milão, Balotelli se envolveu em mais uma confusão nesta semana. Segundo a edição do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o atacante acusou Totti de xingá-lo de "negro de merda", durante a final da Copa da Itália, vencida pela Inter por 1 a 0, na última quarta-feira.

"Ele me chamou de negro de merda", disse o atacante ao diário esportivo. Balotelli também nega ter insultado a cidade de Roma e seu "povo", como apontou Totti.

O empresário do jogador, Mino Raiola, disse que Balotelli "jura não ter ofendido a ninguém" e que o atacante apenas pediu a Totti que "jogasse futebol" e deixasse de "ser criança".

A final de Copa Itália, na quarta-feira, foi vencida pela Inter por 1 a 0. Na partida, Totti foi expulso ao chutar Balotelli quando o atacante estava no chão.

O capitão da Roma reconheceu ter errado, em longo texto no jornal Corriere dello Sport, mas disse que Balotelli teve um "comportamento provocador".

Com informações da agência EFE

Balotelli acusa Totti de ato racista durante a final da Copa da Itália, contra a Roma
Balotelli acusa Totti de ato racista durante a final da Copa da Itália, contra a Roma
Foto: AP
Fonte: Redação Terra
publicidade