0

Fiorentina acaba com invencibilidade da Juve em Turim e fica perto da final da Copa da Itália

5 mar 2015
18h51
atualizado às 18h51
  • separator
  • comentários

Com dois gols do egípcio Mohamed Salah, a Fiorentina derrotou a Juventus por 2 a 1 em Turim, acabando com quase dois anos de invencibilidade da 'Velha Senhora' em Turim, nesta quinta-feira, pela partida de ida das semifinais da Copa da Itália.

A atual tricampeã italiana não perdia no Juventus Stadium desde abril de 2013, quando tinha sido derrotada por 2 a 0 pelo Bayern de Munique, nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Recém-contratado por empréstimo junto ao Chelsea, Salah mostrou mais uma vez que se encaixou como uma luva no elenco do time toscano.

O egípcio balançou as redes em dois contra-ataques letais, no início de cada tempo, enquanto o espanhol Fernando Llorente descontou aos 24 da primeira etapa.

O meia de 22 anos, que veio à Florença como parte da negociação do colombiano Cuadrado para o clube londrino, já anotou seis gols em sete jogos com o time toscano, deixando sua marca em todas as competições que disputou (Copa da Itália, Liga Europa e Campeonato Italiano).

Nesta quinta-feira, Salah virou o herói de uma noite histórica para a 'Viola', que venceu no casa do maior rival.

Graças aos dois gols do egípcio, a Fiorentina obriga a Juve a balançar as redes pelo menos duas vezes no jogo de volta, marcado para o dia 7 de abril, em Florença.

Quem avançar para a final decidirá o título com o vencedor do confronto entre Lazio e Napoli, que empataram em 1 a 1 na partida de ida, no estádio Olímpico de Roma.

Se avançar, a Fiorentina disputará sua segunda final seguida, com a oportunidade de apagar a desilusão do ano passado, quando amargou o vice-campeonato ao perder por 3 a 1 para o Napoli.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • comentários
publicidade