0

Ibrahimovic decide, Milan vence Inter em clássico quente e lidera

14 nov 2010
19h40
atualizado às 20h24

O clássico de Milão deste domingo prometia. E não decepcionou. Em uma partida muito quente, cheia de lances ríspidos, o Milan, com novamente uma grande atuação do sueco Zlatan Ibrahimovic, venceu a Inter de Milão pelo placar de 1 a 0 e retornou à liderança do Campeonato Italiano ao final da 12ª rodada.

O confronto deste domingo acabou marcado por dois lances isolados na segunda etapa, fora o gol anotado por Ibrahimovic, ainda aos 10min da primeira etapa, de pênalti. Primeiramente, o ala Abate, do Milan, e o atacante Pandev, da Inter, se estranharam e por pouco não se socaram. Sobrou para o jogador do time do técnico Massimiliano Allegri, que acabou expulso.

Poucos minutos depois, Ibrahimovic, autor do gol da vitória, deu uma entrada duríssima no zagueiro Marco Materazzi, conhecido pelas jogadas duras. O sueco acertou o joelho no defensor italiano, que precisou deixar o Estádio San Siro de âmbulância.

O resultado foi, ainda, acompanhado de perto pelo polêmico atacante italiano Mario Balotelli. Jogando atualmente no Manchester City, o ex-jogador da Inter surpreendeu ao ir para o estádio San Siro assistir ao derby, e torcer para o Milan - time que, mesmo enquanto atleta da Inter, havia declarado ser fã do rival durante a infância.

A vitória deste final de semana faz o Milan alcançar os 26 pontos, um a mais do que a Lazio, que derrotou também neste domingo o Napoli por 2 a 0. Por outro lado, a Inter, que acumulou sua quarta partida sem vitória, segue na quinta colocação com 20 tentos.

O jogo:

Com um time mais jovem que de costume, o técnico Rafa Benitez não contou com os brasileiros Julio César e Maicon e o argentino Samuel, o que enfraqueceu bastante a defesa campeã da Copa dos Campeões da última temporada. Os experientes Castelazzi, Córdoba e Materazzi, todos com no mínimo 35 anos, tentaram substituir os ausentes.

Mas rapidamente ficou provado que não seria fácil para os interistas. Logo aos quatro minutos, Ibrahimovic fez boa jogada na entrada da área, driblou o zagueiro italiano e foi calçado. Pênalti indiscutível, que o próprio sueco cobrou e converteu, abrindo o placar do jogo.

O resultado foi como uma ducha de água fria nos mandantes do jogo, que levaram um baile do renovado Milan de Robinho, que começou o jogo, Ibrahimovic e Seedorf, bastante participativo no início da partida. E também de Gattuso, que aprontou das suas ao dar uma de suas costumeiras entradas feias no jovem John Obi, aos 19min. O volante do Milan levou apenas o amarelo.

Após pressão milanista, aos 35min Obi sentiu uma lesão muscular e não conseguiu continuar em campo. O jogo passou a ter mais um brasileiro, Philippe Coutinho, que entrou na vaga aberta pelo nigeriano, e fez o time melhorar um pouco em relação à inoperante equipe azul e preta - que pouco fez até o final do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo começou quente. Logo aos 14min, Abate fez falta em Sneijder, que reclamou acintosamente e foi repreendido pelo lateral do Milan. O atacante interista Pandev foi tomar as dores e o clima esquentou entre os dois, que levaram cartão amarelo pela briga - como já tinha sido advertido, o milanista foi expulso.

Minutos depois, Ibrahimovic ganhou uma jogada no meio-campo e adiantou, correndo para dividir com Materazzi. Com o pé alto e em velocidade, ele acertou o polêmico zagueiro, que tomou um encontrão e levou a pior, ficando no chão e tendo que ser susbtituído. Ousado, Benitez colocou o francês Biabiany em campo na alteração.

A Inter ficou com dois meias e quatro atacantes em campo, e sem nenhum volante. A pressão foi bastante forte, mas o Milan mostrava-se competente na defesa ao mesmo tempo que faltava armãção de jogadas à Inter.

No final, o nervoso clássico terminou em 1 a 0 para o Milan, com o clima mais tranquilo principalmente para os vencedores, que voltaram à liderança e têm seis pontos de vantagem para a Inter (25 a 19).

De pênalti, o sueco Ibrahimovic deu a vitória ao Milan no clássico deste domingo
De pênalti, o sueco Ibrahimovic deu a vitória ao Milan no clássico deste domingo
Foto: AP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade