0

Juventus pede que polêmico título de 2006 fique vago

10 mai 2010
14h16
atualizado às 14h46

A Juventus pediu nesta segunda-feira oficialmente às instituições esportivas que deixem vago o título de campeão italiano de 2006, um troféu que foi retirado da equipe de Turim - devido aos escândalos de partidas fraudadas - e posteriormente atribuído à Inter de Milão, segunda colocada.

Em um comunicado de imprensa, a Juventus explicou que este pedido se deve às denúncias feitas nas últimas semanas no processo penal "Calciopoli", que está sendo realizado em Nápoles, após a divulgação de conversas por telefone entre os dirigentes da Inter e representantes dos árbitros.

A Inter havia sido a única equipr grande não envolvida no escândalo que eclodiu em 2006. Na época, escutas telefônicas incriminaram vários diretores de clubes e da Federação, em particular os encarregados de designar os árbitros, participando de armações em dezenas de partidas a favor da Juventus.

O "Calciopoli" gerou punições por parte da Justiça Esportiva em 2006. A Juventus caiu para a Série B, com 9 pontos de penalidade, enquanto Fiorentina, Reggina, Milan e Lazio conseguiram permanecer na Série A, mas também com perda de pontos, o que facilitou a conquista da Inter também na temporada seguinte.

Em 2006, a equipe do goleiro Buffon teve seu título anulado e ainda foi rebaixado para a Segunda Divisão
Em 2006, a equipe do goleiro Buffon teve seu título anulado e ainda foi rebaixado para a Segunda Divisão
Foto: AFP
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade