0

Milan veta liberação de Ronaldinho em janeiro e frustra Grêmio

28 dez 2010
11h35
atualizado às 11h53
  • separator
  • comentários

Umberto Gandini, diretor do Milan, declarou nesta terça-feira após o treinamento da equipe italiana em Dubai, nos Emirados Árabes, que não vai liberar o meia-atacante Ronaldinho para deixar o clube em janeiro. De acordo com o dirigente, o brasileiro deve cumprir seu contrato até o meio de 2011.

Gandini afirmou que o clube não tem planos de se separar de Ronaldinho "no momento". A imprensa italiana especulou a transferência do jogador para vários clubes brasileiros, principalmente após a contratação do atacante Antonio Cassano pelo Milan.

Ainda de acordo com o dirigente, é a vontade do dono do clube rubro-negro, Silvio Berlusconi, "que ele (Ronaldinho) jogue e fique com o Milan no momento".

O Grêmio, clube que revelou Ronaldinho, seria o mais próximo de fechar com o camisa 80. O irmão e empresário do jogador, Assis, deve se reunir nesta terça-feira com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, no Rio de Janeiro.

Umberto Gandini disse que Ronaldinho deve ficar com o Milan até junho de 2011
Umberto Gandini disse que Ronaldinho deve ficar com o Milan até junho de 2011
Foto: Reuters
AP - The Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser copiado, transmitido, reformado o redistribuido.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade