0

Na despedida de Leonardo, Ronaldinho marca 2 e Milan vence clássico

15 mai 2010
17h39
atualizado às 20h52

No início da rodada de encerramento do Campeonato Italiano, neste sábado, um clássico que pouco valia tanto para Milan, quanto para a Juventus, no Estádio San Siro, em Milão. A partida marcava a despedida do técnico Leonardo da equipe milanista, já que o brasileiro anunciou nesta semana que iria deixar o comando da equipe. E quem brilhou no clássico foi o meia Ronaldinho - integrante da "lista de espera" de Dunga para a Copa do Mundo. Com dois gols, o camisa 80 foi fundamental na vitória por 3 a 0.

Dos outros selecionados por Dunga para a Copa, o zagueiro Thiago Silva esteve entre os titulares da equipe da casa, enquanto Felipe Melo, com uma bolha no pé, não foi relacionado para a partida. Garantido para a próxima Liga dos Campeões, uma vitória praticamente garantiria o Milan de forma direta à competição continental - Sampdoria e Napoli brigam pela quarta vaga, que leva até a fase preliminar. Já a Juventus, de temporada irregular, não aspirava mais nenhuma chance de vaga nas próximas ligas europeias.

A Juventus começou melhor e Iaquinta despediçou boa chance logo aos 3min, quando o atacante chutou à direita de Dida, após sair cara a cara com o arqueiro brasileiro. Mas aos 14min, o Milan saiu em vantagem com gol do lateral esquerdo Antonini, que recebeu ótimo lançamento no miolo da zaga visitante e bateu para o gol. Desviada por Cannavaro, a bola encobriu Buffon e abriu o placar do clássico. Após o gol, o Milan passou a dominar as ações da partida e logo chegou ao segundo gol, com Ronaldinho. O meia brasileiro recebeu no meio campo e tentou lançar Pato, mas a zaga cortou o passe. Contudo, o zagueiro da Juventus cochilou, Ronaldinho roubou a bola e tabelou com Pato, saindo livre na pequena área e tocando no canto de Buffon, aos 28min.

Apática, a Juventus pouco produziu na volta do intervalo. E em mais uma falha da zaga, o Milan sacramentou a vitória. Em uma bola mal afastada pela defesa, Ronaldinho recebeu a bola na esquerda e tocou com categoria no canto de Manninger - que substituiu Buffon na volta para o segundo tempo - anotando seu segundo gol na partida, aos 22min. Logo após o gol, o brasileiro foi substituído por Inzaghi e saiu muito aplaudido de campo.

A partida também marcou a provável despedida dos veteranos Giuseppe Favalli e Dida, muito ovacionados pelo público presente ao Estádio San Siro após serem substituídos. Após o apito final, o técnico Leonardo foi muito festejado pelos torcedores milanistas, que levaram diversas faixas ao estádio, agradecendo o trabalho do brasileiro à frente da equipe.

O resultado garante o terceiro lugar do Italiano ao Milan, que chega aos 70 pontos. Já a Juventus, em uma temporada melancólica para suas tradições no futebol local, permanece com 55 pontos e termina o torneio apenas na sétima colocação.

Lazio vence Udinese

Na outra partida deste sábado pelo Italiano, a Lazio se despediu em casa batendo a Udinese por 3 a 1. O meia alemão Hitzlsperger abriu o marcador, ao 15min da primeira etapa, mas logo o artilheiro do torneio Di Natale empatou, aos 30min - o 29º gol do atacante no torneio. Antes da saída para o intervalo, porém, Floccari deixou a Lazio novamente em vantagem. Aos 7min do segundo tempo, o volante Brocchi sacramentou a vitória da equipe da capital italiana.

Com o resultado, a Lazio termina o campeonato com 46 pontos, provisioriamente na 10ª posição. Já a Udinese fica nos 44 pontos, caindo para a 13ª posição.

Ronaldinho fez boa partida, marcou duas vezes e saiu aplaudido do Estádio San Siro
Ronaldinho fez boa partida, marcou duas vezes e saiu aplaudido do Estádio San Siro
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra
publicidade