1 evento ao vivo

Presidente do Milan admite que pode liberar Pirlo

21 jun 2009
12h44
atualizado às 13h43

O presidente do Milan, Silvio Berlusconi, admitiu que o volante Pirlo pode deixar o clube rubro-negro. O primeiro-ministro da Itália afirmou que considera o jogador uma peça importante no elenco da equipe comandada por Leonardo. Porém, o problema são os valores para a renovação de contrato.

» Chelsea recorre de punições a jogadores
» Manchester anuncia saída de Tevez
» Ibrahimovic é pressionado por Mourinho

"Eu fui o primeiro a dizer que ele deve ficar, mas depois me fizeram ver por outro lado", comentou Berlusconi, em entrevista coletiva.

O dirigente afirmou ainda que o atacante Alexandre Pato pode substituir o apoiador Kaká no Milan. Além disso, para o presidente do clube, será o ano de Ronaldinho Gaúcho.

"Pato é um excelente jogador e terá uma carreira extraordinária. Acho que pode substituir Kaká na sua posição. Já Ronaldinho fará um grande ano", previu.

Silvio Berlusconi também negou que o elenco do Milan esteja envelhecido e afirmou que poderia ter evitado o tetracampeonato da rival Inter de Milão, se não houvesse tantas falhas na defesa.

"O Milan é uma grande equipe. Poderíamos ter vencido, mas erramos no modo de jogar. Levamos muitos gols nos últimos minutos. Temos muitos jogadores de 32 anos, mas quando eu tinha 32 anos nem sequer dormia", disse.

Por fim, o dirigente criticou os altos valores pedidos para a venda de jogadores.

"Há algumas cifras no mundo do futebol que são uma maluquice. Cifras que não possuem mais nenhuma relação com a economia normal, estão fora de qualquer senso prático e não têm nenhuma decência. Não se pode gastar tanto e tenho a intenção de fazer algo para mudar isso. Virou uma coisa inadmissível", disse Berlusconi, que vendeu Kaká ao Real Madrid por 65 milhões de euros (R$ 177 milhões).

Berlusconi acha que 2009 será o ano de Ronaldinho Gaúcho
Berlusconi acha que 2009 será o ano de Ronaldinho Gaúcho
Foto: AFP
Fonte: Lancepress!
publicidade