4 eventos ao vivo

Real vai para o tudo ou nada contra a Juve na Champions

12 mai 2015
13h00
atualizado às 14h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Com as chances de conquistar o título espanhol comprometidas, o Real Madrid aposta todas as suas fichas na virada contra a Juventus, que recebe nesta quarta-feira, precisando vencer para reverter a derrota por 2 a 1 que sofreu na partida de ida, em Turim.

No último sábado, os 'Merengues' praticamente abriram mão da Liga Espanhola ao empatar em 2 a 2 com o Valencia, deixando o arquirrival Barcelona a uma vitória do título, faltando duas rodadas para o fim da competição.

Mesmo assim, o atual campeão europeu não perde de vista o objetivo principal da temporada: levantar a 11ª 'Taça orelhuda' para se tornar o primeiro a defender o título na versão moderna da competição (desde 1993).

O último bicampeão da história do torneio foi o Milan de 1989 e 1990, que tinha como meia Carlo Ancelotti, hoje treinador do Real.

A pressão pela classificação aumenta ainda mais com a perspectiva de um possível clássico com o Barça, que já tem um pé e meio em Berlim, palco da decisão, no dia 6 de junho, por ter vencido o Bayern de Munique por 3 a 0 na semana passada, no Camp Nou.

"Precisamos ganhar, é fundamental", avisou o lateral Dani Carvajal, que cometeu o pênalti que resultou no segundo gol da Juve na partida de ida.

"A partida dura 90 minutos. Temos que fazer com que a Juve ache o tempo muito longo e sofra por não ter a bola", enfatizou, deixando claro que o Real vai partir para cima com tudo para reverter o prejuízo, podendo garantir a vaga com vitória simples por 1 a 0.

Para isso, Ancelotti poderá reformar o trio ofensivo 'BBC' com o retorno do francês Karim Benzema, que deve ser titular ao lado de Gareth Bale e Cristiano Ronaldo.

Atrás deles, os meias James Rodríguez e Isco são outras armas para alimentar o sonho da 'remontada'.

Por mais que precise vencer para se classificar, o time espanhol não vai abrir mão das tarefas defensivas, até porque um gol da Juve o obriga a marcar duas vezes para levar o confronto para a prorrogação.

"Precisamos manter a cabeça fria, e ter paciência, não vamos ficar loucos", resumiu Carvajal.

Se Ancelotti pode contar com o retorno de Benzema, o técnico da Juve, Massimo Allegri, também ganhou um 'reforço de peso', o também francês Paul Pogba.

O meia de 22 anos retornou aos gramados no último sábado, depois de seis semanas de ausência, e anotou no único gol do empate em 1 a 1 com o Cagliari.

"Em Madri, será muito complicado. Eles estão acostumados a disputar partidas tensas como esta, mas aos poucos conseguimos chegar longe e seria maravilhoso continuar o nosso caminho rumo a Berlim", afirmou Pogba.

A 'Velha Senhora' tem qualidade para se mostrar letal no contra-ataque, como fez na semana passada, graças ao talento do argentino Carlo Tévez, grande destaque da partida de ida.

"Melhoramos muito com o decorrer da competição, e concedemos poucas chances de gol no primeiro jogo", lembrou o lateral suíço Stephan Lichtsteiner em entrevista à televisão do clube italiano.

Além do gol de cabeça marcado por Cristiano Ronaldo, o Real criou apenas uma chance clara em Turim, quando James acertou o travessão com um 'peixinho' no fim do primeiro tempo.

É provável que Allegri mantenha o esquema tático em 4-4-2, com a dupla Chiellini-Bonucci na zaga, deixando Barzagli como opção no banco para reformar a linha de três, como aconteceu depois do segundo gol na semana passada.

Com quarto 'Scudetto' consecutivo já garantido há dez dias, o clube de Turim está 100% focado na Champions, com a meta de voltar à final pela primeira vez desde 2003, quando perdeu nos pênaltis para o Milan, então comandado por Ancelotti.

Assim como o Barça, a Juve sonha com a 'tríplice coroa', já que também disputará a final da Copa da Itália, contra o Napoli. O jogo está marcado para o dia 7 de junho, mas a data pode mudar caso a 'Velha Senhora' consiga a classificação para a decisão da Champions, prevista para o dia anterior.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade