2 eventos ao vivo

Campeonato Italiano

É campeã de novo! Juventus bate Lazio e leva Copa da Itália

Andreas Solaro / AFP
20 mai 2015
18h18
atualizado às 21h18
  • separator
  • 0
  • comentários

A final da Copa da Itália de 2015 teve que ser decidida na prorrogação, mas acabou da maneira óbvia: a Juventus mostrou como domina totalmente o cenário do futebol italiano, venceu por 2 a 1 e faturou o título. Não foi fácil, pois a Lazio saiu na frente e marcou bem, mas Matri determinou a vitória no tempo extra. Isso quebra um longo jejum: há 20 anos a Juventus não conquistava essa taça. Agora, a equipe é a maior campeã na história da competição, com 10 conquistas, superando a Roma, que tem 9.

Juventus fez festa com trofeu da Copa da Itália após 20 anos
Juventus fez festa com trofeu da Copa da Itália após 20 anos
Foto: Andreas Solaro / AFP

Além de ter os títulos da Copa da Itália e do Campeonato Italiano nesta temporada, a equipe de Turim ainda pode ser campeã europeia, caso vença o Barcelona na final da Liga dos Campeões, em Berlim, no dia 6 de junho. 

Radu comemora primeiro gol do jogo
Radu comemora primeiro gol do jogo
Foto: Alberto Vizzoli / AFP

O começo de jogo nesta quarta foi intenso por causa da força dos times em lances de bola parada. Primeiro foi Radu, aos 4min, que marcou após cobrança de falta pela direita, de cabeça. Cinco minutos depois, Pirlo cobrou uma falta praticamente na mesma posição, um pouco mais atrás, e gerou o empate. Evra escorou para Chiellini finalizar para o gol.

Brasileiro Felipe Anderson não teve grande atuação na final
Brasileiro Felipe Anderson não teve grande atuação na final
Foto: Alberto Vizzoli / AFP

Depois disso, porém, o jogo esfriou. Os times preferiram focar na marcação, principalmente a Lazio. Ambos também criaram chances, mas erraram a pontaria tanto no primeiro quanto no segundo tempo. Os técnicos foram pouco ousados nas substituições e não mandaram os times ao ataque. Então, a partida foi para a prorrogação.

A Lazio começou melhor no tempo extra, com Djordjevic acertando um chute longo na trave. Mas o castigo veio a cavalo: dois minutos depois, Matri, que tinha saído do banco e entrado no lugar de Llorente, pegou uma sobra na área e fez o gol decisivo.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade