1 evento ao vivo

"Antiego", Van Gaal diz que abaixou calças em frente a atletas

20 mai 2010
09h53

Bastante conhecido por seu comportamento polêmico, Louis Van Gaal aumentou sua lista de excentricidades nesta quinta-feira. Em uma coluna publicada no diário alemão Bild, o técnico do Bayern de Munique divulgou que em uma ocasião já abaixou suas próprias calças diante dos jogadores no auditório do clube. O motivo? Mostrar a seus comandados que o ego não importa.

Na antevéspera da final da Liga dos Campeões da Europa contra a Inter de Milão, Van Gaal resolveu falar sobre o curioso caso, quebrando até uma regra estabelecida no Bayern de Munique: "nosso auditório, onde nos reunimos para discussões, é como uma área sagrada: o que acontece lá, permanece lá", escreveu.

Ao Bild, porém, o holandês abriu uma "única exceção" para provar "quão forte é a cooperação e quão grande é a confiança" dentro do Bayern. "Uma vez, em frente ao elenco, eu deixei minhas calças caírem porque eu queria deixar claro: se eu substituir (algum jogador), não faço isso por meu ego, mas pelo bem do grupo. Faço tudo pelo grupo e uso tudo o possível para sublinhar minhas palavras", apontou.

Dono de uma carreira polêmica, Van Gaal ficou com uma fama ruim após deixar duas vezes o Barcelona, uma em 2000 e outra no retorno ao clube, em 2003. Depois dessa decepção, ele teve de recomeçar no modesto AZ Alkmaar, levando-o ao título do Campeonato Holandês em 2009.

Recompensado, o técnico recebeu um convite do Bayern de Munique, no qual teve um início difícil, dispensando jogadores que eram importantes como o zagueiro brasileiro Lucio e o atacante italiano Luca Toni. Porém, reagiu, conquistando o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha, e a partir das 15h45 (de Brasília) deste sábado busca, em Madri, a taça da Liga dos Campeões.

Polêmico, técnico do Bayern encontrou um modo curioso para mostrar ao elenco que o ego não importa
Polêmico, técnico do Bayern encontrou um modo curioso para mostrar ao elenco que o ego não importa
Foto: EFE
Fonte: Redação Terra
publicidade