1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Liga dos Campeões

Claro TV retira Esporte Interativo da grade e irrita fãs

Martin Bureau / AFP

Novo dono da Liga dos Campeões, Esporte Interativo é retirado da operadora e lamenta decisão

18 abr 2015
13h28
atualizado às 13h40
  • separator
  • 0
  • comentários

A guerra entre Esporte Interativo e operadoras esquenta ainda mais. A Claro TV informou aos seus assinantes que o novo canal esportivo da Turner está deixando a grande e sendo substituído pela ESPN+ a partir de 1º de maio.

O Esporte Interativo foi comprado recentemente pela Turner e também venceu a disputa contra a ESPN pelos direitos das próximas três temporadas da Liga dos Campeões para TV fechada.

Apesar do acordo, o canal ainda sofre por não conseguir entrar nas duas maiores operadoras do Brasil (NET e SKY). Curiosamente, a NET e a Claro pertencem ao mesmo grupo.

Os fãs do canal têm como opções assistir ao canal por UHF em algumas cidades brasileiras e por operadoras como GVT, OI e Vivo (via satélite), além de algumas outras regionais.

A guerra entre Turner x SKY/NET promete nos próximos meses, especialmente quando se aproximar a Liga dos Campeões 2016/17. Em nota, o Esporte Interativo lamentou a decisão da Claro.

"Fomos surpreendidos pela decisão da Claro TV, que recentemente passou a ter a sua programação administrada pela NET, de descontinuar a transmissão dos canais Esporte Interativo. Nós ainda estamos conversando com eles, esperançosos de que possamos reverter essa decisão da NET, com objetivo de que os assinantes da ClaroTV continuem a ter os canais Esporte Interativo e Esporte Interativo Nordeste na sua TV, podendo acompanhar os grandes jogos da Liga dos Campeões, da Europa League, da Copa do Nordeste, da Copa Verde, dos Estaduais Nordestinos, da NFL, entre tantos outros eventos esportivos de primeira linha, sempre com a emoção que o Brasil merece. O sucesso desta parceria de mais de 5 anos nos faz ter esperança de que que possamos chegar a uma solução que não prejudique milhões de apaixonados por esportes que nos acompanham todos os dias"

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade