0
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Em jogo dramático, Chelsea empata com Liverpool e avança

14 abr 2009
17h35
atualizado às 18h34

O jogo foi dramático e de muito sofrimento para as torcidas de Chelsea e Liverpool, porém quem festejou no final foi a equipe de Londres. Com um empate por 4 a 4, que teve diversas reviravoltas no placar, a equipe de Guus Hiddink fez a alegria dos torcedores em Stamford Bridge, classificando-se para a semifinal da Copa dos Campeões.

» Veja fotos da partida
» ESPN: assista ao vídeo
» Confira tabela das quartas-de-final
» Comente a vitória do Chelsea

A partida contou com três gols brasileiros. Fábio Aurélio e Lucas anotaram para os visitantes, enquanto o zagueiro Alex marcou belíssimo gol de falta para o Chelsea.

Precisando tirar a desvantagem da primeira partida, na qual foi derrotado pelo Chelsea por 3 a 1 em casa, o Liverpool começou a partida pressionando e abriu o placar aos 19min do primeiro tempo. Em cobrança de falta de longa distância, Fábio Aurélio teve grande visão de jogo. Enquanto todos esperavam um cruzamento na área, ele bateu rasteiro e enganou Cech, que não conseguiu chegar na bola.

O time inglês marcou o segundo aos 28min, em cobrança de pênalti de Xabi Alonso, que havia sofrido a infração de Ivanovic. O jogo esquentou de vez, já que 3 a 0 classificava o Liverpool.

Porém, no segundo tempo, um balde de água fria caiu sobre a cabeça dos visitantes, quando Anelka cruzou a bola, Drogba deu um leve desvio e Reina falhou feio, tomando o gol. A situação do Liverpool complicou ainda mais quando Alex acertou uma bomba e empatou a partida em cobrança de falta.

Abatido, o Liverpool tomou a virada aos 31min. Em rápida triangulação, Ballack tocou para Drogba, que deu bela assistência para Lampard vencer a defesa dos visitantes.

O jogo parecia decidido, mas a equipe de Rafa Benítez ainda reservava muitas emoções para os minutos finais. Aos 36min, o brasileiro Lucas arriscou chute despretensioso, que desviou em Essien e tirou Cech para empatar a partida em 3 a 3.

Dois minutos depois, o Liverpool estava novamente no jogo. Depois de cruzamento de Riera, Kuiyt apareceu de cabeça para virar a partida para 4 a 3. O momento fez relembrar a heróica recuperação na final da Copa dos Campeões de 2005, quando buscou uma desvantagem de 3 a 0 para o Milan e se sagrou campeão.

Mas outro balde de água fria esperava o Liverpool no final da épica partida em Stamford Bridge. Aos 44min, Lampard acertou um belo chute no ângulo, a bola bateu no travessão e entrou, acabando com as pretensões dos visitantes de mais uma semifinal no torneio continental.

Alex comemora o seu gol no empate que classificou o Chelsea à semi
Alex comemora o seu gol no empate que classificou o Chelsea à semi
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade