0

Final da Liga dos Campeões tem só um brasileiro titular; relembre heróis

20 mai 2013
10h54
atualizado às 10h54
  • separator
  • 0
  • comentários

A edição 2012/13 da Liga dos Campeões chega à sua decisão, a ser disputada no próximo sábado, entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, sem protagonistas brasileiros. A final alemã coloca frente a frente equipes que apostam em pratas da casa e contratações europeias em seus times titulares – situação bem diferente daquela a que o Brasil estava acostumado há alguns anos, quando os principais atletas da Seleção também brilhavam e centralizavam as atenções nos melhores clubes da Europa.

<p>Dante é o único brasileiro titular na final da Liga dos Campeões desta temporada</p>
Dante é o único brasileiro titular na final da Liga dos Campeões desta temporada
Foto: AP

O único brasileiro que deve ser titular na final em Wembley é o zagueiro Dante, do Bayern. O jogador, chamado por Felipão para a Copa das Confederações, é importantíssimo no time de Jupp Heynckes e dono da posição na defesa - mas em um time com tantos nomes estelares como Ribéry, Robben, Schweinsteiger e Müller, o protagonismo fica mesmo com a "armada europeia". Já os demais atletas do País – Rafinha e Luiz Gustavo, do Bayern, e Felipe Santana, do Dortmund – são reservas.

Júlio César segurou Bayern de Munique na conquista da Inter de Milão
Júlio César segurou Bayern de Munique na conquista da Inter de Milão
Foto: Getty Images

O cenário atual é uma continuação do que se tem visto nos últimos anos na principal competição do futebol europeu. Nas últimas cinco temporadas, nenhum jogador ofensivo brasileiro de destaque chegou à decisão da Liga dos Campeões como titular – os últimos foram Ronaldinho, que liderou o Barcelona rumo ao título em 2006, e Kaká, que comandou o Milan e foi eleito melhor do mundo em 2007.

Desde então, os maiores destaques nacionais foram na defesa: Júlio César, Maicon e Lúcio (Inter de Milão, 2010), Daniel Alves (Barcelona, 2011) e David Luiz (Chelsea, 2012). O protagonismo brasileiro diminuiu na Liga dos Campeões, e a disputa pelo posto de melhor do mundo foi resumida nos últimos anos ao argentino Lionel Messi e o português Cristiano Ronaldo. Será 2013 o ano do retorno de um craque brasileiro aos holofotes europeus? Se depender da final de sábado, é pouco provável.

Relembre heróis brasileiros em finais da Liga dos Campeões

Dida teve papel fundamental na conquista do Milan em 2003
Dida teve papel fundamental na conquista do Milan em 2003
Foto: Getty Images
Júlio César (2010): A última atuação marcante de um brasileiro em uma final foi de Júlio César, quando a Inter de Milão de José Mourinho derrubou o Bayern na final no Santiago Bernabéu. Além de defesas difíceis, o goleiro ainda começou a jogada do primeiro gol de Diego Milito com um lançamento longo.

Kaká (2007): Na melhor temporada da carreira de Kaká, ele liderou o Milan ao título europeu, foi artilheiro da competição e melhor do mundo. Na final contra o Liverpool em Atenas, o meia-atacante sofreu a falta que originou o primeiro gol e deu a assistência para Inzaghi selar o marcador.

Belletti (2006): O centro das atenções era Ronaldinho, melhor do mundo nos dois anos anteriores. Mas o camisa 10 teve atuação abaixo de seus padrões, e o herói improvável foi o lateral Belletti, que entrou na partida e marcou o gol do título após grande jogada do sueco Larsson.

Carlos Alberto (2004): O meia-atacante se tornou o jogador mais jovem a marcar em uma final de Liga dos Campeões, aos 19 anos, quando fez o primeiro do Porto na decisão contra o Monaco, em Gelsenkirchen, e abriu caminho para a primeira conquista europeia de José Mourinho.

Dida (2003): Após um morno empate por 0 a 0 entre Milan e Juventus, o goleiro brilhou em sua especialidade, os pênaltis, para dar o título ao time rubro-negro em Manchester. Dida defendeu as cobranças de Trezeguet, Zalayeta e Montero e foi o herói da decisão.

Kaká levanta troféu da Liga dos Campeões de 2007
Kaká levanta troféu da Liga dos Campeões de 2007
Foto: Getty Images

Belfort, estaduais e adeus de Beckham marcam semana esportiva; veja

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade