1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Jordi Roura elogia Bayern, mas alerta: "somos os mesmos de sempre"

22 abr 2013
18h16

O auxiliar-técnico do Barcelona, Jordi Roura, rasgou elogios nesta segunda-feira ao Bayern de Munique, adversário desta terça no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões, mas lembrou que sua equipe também vem em alta há um bom tempo.

No último sábado, ao golear o Hannover 96 por 6 a 1, o Bayern igualou o recorde de pontos no Campeonato Alemão, do qual foi campeão com seis rodadas de antecipação. O time bávaro ainda está na final da Copa da Alemanha, em que enfrentará o Stuttgart.

"As coisas são assim. É indubitável que o Bayern tem uma trajetória espetacular. Passou para o mata-mata (da 'Champions') com uma desenvoltura extraordinária, foram campeões alemães com antecedência e chegam às semifinais em ótima forma, com números que assustam. Mas nós somos os mesmos de sempre, superamos muitas adversidades e chegamos com muita expectativa", disse Roura em entrevista coletiva.

O auxiliar técnico do Barcelona, que ainda vem substituindo o técnico Tito Vilanova nas entrevistas, também comentou o fato de seu time disputar a sexta semifinal consecutiva da Liga dos Campeões.

"É um marco muito importante. Sofremos para chegar até aqui. Quando se está entre os quatro grandes da Europa, tudo é encarado com expectativa. São as duas melhores equipes da Europa nos últimos anos", comentou.

Roura se mostrou otimista com a presença de Lionel Messi no jogo. O atacante vem se recuperando de uma lesão na coxa esquerda e não entra em campo desde a partida de volta das quartas de final da Liga, contra o Paris Saint-Germain.

"A evolução dele está sendo boa, mas não me atreveria a confirmar nada. Amanhã decidiremos isso. A presença dele condiciona a eliminatória. Ele é o melhor do mundo, e isso muda tudo. Não tenho dúvidas de que contar com Messi é importante e o Bayern também sabe disso", salientou.

EFE   
publicidade