6 eventos ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Klopp nega que seu time já esteja classificado para decisão da 'Champions'

29 abr 2013
16h58

Jürgen Klopp, técnico do Borussia Dortmund, garantiu que não existe qualquer sentimento de classificação antecipada pela sua equipe nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa contra o Real Madrid, mesmo com a expressiva vantagem obtida com o 4 a 1 do jogo de ida.

"Nossa sensação não é a de estar com um pé na final. O resultado da ida foi melhor do que esperávamos, mas temos que lutar com todas as nossas forças. Para nós, é um grande progresso estar nas semifinais e atuaremos com a humildade correspondente", disse.

O alemão garantiu que a marca do Borussia Dortmund na competição continental é a superação. "Temos uma equipe muito boa e nem sempre a melhor soma de individualidades vai melhor que o coletivo", disse Klopp, se referindo indiretamente ao rival de amanhã.

O técnico do Borussia Dortmund afirmou que é normal que os madrilenhos ainda acreditem na vaga na final. "Em Dortmund nós tentamos entusiasmar nossos espectadores também e todos viram como entramos em campo. Agora veremos o que vai acontecer. Estamos preparados para que o Real Madrid tente de tudo", declarou.

O técnico do Dortmund descartou que seu time atue na defesa para o jogo contra os madrilenhos. "O Real Madrid nos poderá causar muitos problemas, mas nós temos um grande potencial ofensivo, como demonstramos na ida. Não vamos jogar atrás. O importante no futebol é o equilíbrio entre ataque e defesa. Nossa forma de atuar sempre é a mesma, atacamos e defendemos todos juntos", disse Jürgen Klopp.

O treinador da equipe alemã negou qualquer acomodação para o duelo contra o Real. "Tenho a certeza de que meus jogadores não ficarão estáticos. É a mesma situação que no último Campeonato Alemão, mas agora na Liga dos Campeões", afirmou Klopp, se referindo a boa vantagem que o clube abriu para conquistar o título nacional da temporada passada.

O treinador do Borussia Dortmund falou sobre a expectativa quanto a presença dos torcedores alemães no Santiago Bernabéu. "Teremos cerca de 8 mil nos acompanhando. Outros tiveram que ficar em casa, diante da televisão vibrando muito. Muita gente estará nos apoiando. Podemos realizar o nosso sonho e o de nossos torcedores", concluiu..

Já o meia Ilkay Gundogan comentou que sabe como é o clima no estádio do Real Madrid. "Tivemos nesta temporada a experiência de viver o ambiente do Bernabéu. Jogar neste estádio é muito importante para todos os jogadores, principalmente no começo de nossas carreiras. Não é um jogo comum, é uma semi de Liga dos Campeões, um duelo especial", afirmou Gundogan.

EFE   
publicidade