PUBLICIDADE

Luiz Adriano revela ofensas racistas da torcida do Borisov

22 out 2014 16h41
| atualizado em 10/12/2014 às 11h03
ver comentários
Publicidade

Autor de cinco gols do Shakhtar na vitória por 7 a 0 sobre o BATE Borisov, a alegria do brasileiro Luiz Adriano só não foi plena devido aos atoas racistas da torcida na Bielorrússia. Em entrevista ao site oficial do clube ucraniano, o atacante repudiou as ofensas, que o deixaram, além de triste, indignado.

"Gritaram frases racistas. Simplesmente enviei um beijo para a minha esposa e filha. Mas a torcida teve um comportamento inaceitável, por isso estou chateado e indignado. Só fica mal para eles".

<p>Torcida insultou Luiz Adriano quando mandou beijinho para filha</p>
Torcida insultou Luiz Adriano quando mandou beijinho para filha
Foto: Maxim Malinosky / AFP

O companheiro de equipe Taras Stepaneko também lamentou a situação. "Eu não sei como aquilo começou. Teve um momento que o Luiz correu, mas não para as tribunas, foi para a câmera. E mandou um beijo, provavelmente para a esposa e a filha. Acho que ele foi mal entendido. A gente tem o maior respeito pelo BATE, e deu para perceber em campo que não havia nenhuma gozação".

O volante ucraniano ainda garantiu a postura respeitosa do Shakhtar com relação à torcida adversária. "Nós só queríamos jogar e marcar o máximo possível. Entrar para a história... Por isso, dizer que nós tivemos alguma atitude desrespeitosa em relação às arquibancadas ou ao Bate, eu não posso. Não foi correto da parte deles fazerem o que fizeram".

Luiz Adriano se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 117 tentos, além de ter igualado Messi e Mazzola como os únicos a marcar cinco gols em um jogo. O brasileiro também conquistou o hat-trick mais rápido da história da Liga dos Campeões, em apenas sete minutos. O atacante ainda se sagrou o jogador com mais tentos antes do intervalo, sendo quatro gols no primeiro tempo.

"Estou muito contente pelo meu recorde não só ter me ajudado a mim, mas também ajudou a equipe. Foi uma vitória bonita, uma vitória histórica", comemorou Luiz Adriano.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade