0
Logo do Liga Europa
Foto: terra

Liga Europa

Forlán decide na prorrogação e Atlético é campeão da Liga Europa

12 mai 2010
18h13
atualizado às 19h28

O Atlético de Madrid sofreu, mas confirmou seu favoritismo ao bater o Fulham por 2 a 1 na porrogação e conquistar a Liga Europa nesta quarta-feira, em Hamburgo, na Alemanha. O uruguaio Diego Forlán marcou os dois gols dos espanhóis e foi o herói do título.

Esta foi a segunda conquista significativa da história do clube em competições continentais, depois da Recopa Europeia de 1962. Já o Fulham lutou, mas perdeu o jogo mais importante de seus 131 anos de história (os londrinos nunca levantaram sequer um título de primeira divisão).

O Atlético de Madrid ainda tem a chance de faturar mais um torneio na temporada. Na próxima quarta-feira, a equipe do técnico Quique Sánchez Flores decide contra o Sevilla a Copa do Rei.

Considerado o favorito antes de a bola rolar, o Atlético foi melhor no primeiro tempo. Aos 11min, Agüero aproveitou bobeada da zaga rival e tocou para Forlán, que acertou a trave. Em seguida, Reyes cobrou falta e parou em boa defesa do goleiro Schwarzer. Já o time inglês, que adotou uma postura mais defensiva, só chegou com perigo aos 20min, em chute de Gera - De Gea segurou.

Os espanhóis, porém, seguiram com o controle do jogo e não demoraram para abrir o placar. Agüero recebeu de Simão Sabrosa e finalizou. No meio do caminho, Forlán, oportunista, desviou para as redes. No entanto, o Fulham buscou a igualdade cinco minutos depois: Gera cruzou e Davies completou de primeira.

Antes do intervalo, Schwarzer teve que salvar o Fulham com duas intervenções seguidas. Já no início da etapa complementar foi a vez de De Gea trabalhar, evitando finalização de Gera, que recebeu livre, e defendendo chute forte de Davies aos 15min. A partir daí, o jogo esfriou, com o time de Madri tomando mais iniciativa, mas sem conseguir criar boas chances.

A prorrogação foi equilibrada. O Atlético quase marcou no último minuto primeiro tempo, mas Agüero, na pequena área, desviou cruzamento para fora. Aos 11min do segundo, porém, novamente brilhou a estrela de Forlán, que aproveitou grande jogada de Agüero pela esquerda e marcou o gol do título.

O resultado final confirma a errática campanha de uma equipe que chegou através da Liga dos Campeões (foi terceira em seu grupo) e venceu apenas duas vezes durante toda o mata-mata da Liga Europa: chegou à decisão empatando com gols fora de casa e segurando o resultado em seus domínios, deixando pelo caminho Sporting, Valencia e Liverpool.

O Fulham, por sua vez, foi a maior zebra da competição, responsável por eliminar a poderosa Juventus e o atual campeão Shakhtar Donetsk e por impedir que o Hamburgo decidisse o título continental dentro de seu estádio ao despachar os alemães na semifinal.

Uruguaio marca duas vezes e assegura título
Uruguaio marca duas vezes e assegura título
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade