0
Logo do Liga Europa
Foto: terra

Liga Europa

Sevilla bate Fiorentina outra vez e vai a Varsóvia atrás do bi da Liga Europa

14 mai 2015
18h11
atualizado às 19h11
  • separator
  • 0
  • comentários

O Sevilla voltou a vencer nesta quinta-feira a Fiorentina, desta vez por 2 a 0, fora de casa, e se garantiu na final da Liga Europa, em que enfrentará o Dnipro Dnipropetrovsk, tentando o segundo título consecutivo e o quarto na competição, o que o tornaria o maior campeão da história.

A nova vitória, depois do 3 a 0 obtido no estádio Ramon Sánchez Pizjuan, veio com gols do atacante colombiano Carlos Bacca, aos 22 minutos do primeiro tempo, e do zagueiro português Daniel Carriço, cinco minutos depois.

Graças ao placar agregado de 5 a 0, a equipe carimbou passaporte para Varsóvia, capital da Polônia, onde acontecerá a decisão do torneio, em 27 de maio. Detentor do título, o time da região da Andaluzia também levantou o troféu em 2006 e 2007, quando a competição ainda se chamava Copa da Uefa.

Em caso de nova conquista, o Sevilla será o primeiro a vencer quatro vezes a segunda principal disputa de clubes do continente, deixando para trás Liverpool (campeão em 1973, 1976 e 2001), Juventus (1977, 1990 e 1993) e Internazionale (1991, 1994 e 1998).

Considerando apenas os anos da Liga Europa, que foi disputada pela primeira vez em 2009, o clube espanhol pode se igualar ao compatriota Atlético de Madrid, que venceu a edição de estreia e também em 2012, sendo o único duas vezes campeão.

Daqui duas semanas, o Sevilla encarará o Dnipro, que hoje superou o Napoli por 1 a 0, após empate em 1 a 1 na ida, disputada na Itália, e se garantiu na primeira final continental de sua história.

A Fiorentina, do goleiro Neto, tentará voltar a se garantir no torneio, através do Campeonato Italiano. Atualmente o time ocupa a quinta colocação com 55 pontos e estaria assegurando a segunda vaga do país, faltando três rodadas para o fim da temporada.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade