0

Político que ofendeu Ronaldinho tem histórico de insultos

15 set 2014
16h11
atualizado às 17h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Ronaldinho acena para a torcida na apresentação a clube mexicano</p>
Ronaldinho acena para a torcida na apresentação a clube mexicano
Foto: Victor Straffon / AFP

O meia-atacante Ronaldinho não foi o único alvo da ira de Carlos Treviño. O político mexicano tem histórico de ofensas nas redes sociais contra personalidades históricas do país, estrangeiros e pessoas ligadas ao futebol. "O mundo seria melhor sem comentaristas argentinos... E sem argentinos!", escreveu ele em certa ocasião.

Num outro post, ele ataca fãs e seguidores do esporte. "São como animais". Benito Juárez, primeiro presidente mexicano com origem indígena, do século retrasado, também recebeu comentários ofensivos. "Seria casualidade o dia da Síndrome de Down ser no mesmo dia de Benito Juárez. Com o respeito às pessoas com a síndrome. Não a Juárez".

Nesta segunda, Treviño pediu desculpas a Ronaldinho e ao Querétaro alguns dias após ter chamado o brasileiro de "macaco" em uma rede social. O mexicano havia se irritado com o trânsito na cidade do novo time do brasileiro, que estava intenso no dia da apresentação do jogador, na última sexta.

Em contato com a reportagem, Assis, empresário e irmão de Ronaldinho, garantiu que está tomando as providências cabíveis para o caso, junto ao Querétaro.

Veja também:

Relembre campeões e vices fora dos quatro grandes
Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade