0

Em casa, Benfica segura empate com Porto e mantém liderança

13 jan 2013
20h10
atualizado às 21h53
  • separator
  • 0
  • comentários

O maior clássico do Campeonato Português terminou sem vencedor neste domingo, pela 14ª rodada. Jogando em casa no Estádio da Luz, o Benfica se viu atrás no placar em duas ocasiões, mas conseguiu sustentar um empate por 2 a 2 com o arquirrival Porto e manteve a liderança da competição, com três pontos de vantagem sobre o adversário e um jogo a mais. 

Benfica e Porto empataram por 2 a 2 e continuaram invictos no Português
Benfica e Porto empataram por 2 a 2 e continuaram invictos no Português
Foto: EFE

A partida foi marcada por um início impressionante das equipes, e os quatro gols saíram em menos de 20 minutos. O Porto saiu na frente com Mengala, aos 7min, mas Matic empatou para o Benfica logo em seguida, aos 9min. Os visitantes voltaram a liderar a partida aos 14min, com gol de Jackson Martínez, mas Gaitán deixou tudo igual aos 16min. 

Apesar do começo em ritmo alucinante, o jogo ficou morno no restante do primeiro tempo e tampouco reservou grandes emoções na segunda etapa. Melhor para o Benfica, que, apesar de não ter vencido em Lisboa, conservou a liderança da competição. 

A equipe da capital lidera o Português com 36 pontos, contra 33 do Porto - que, por sua vez, possui um jogo a menos. O terceiro colocado da tabela de classificação é o Sporting Braga, que aparece muito atrás dos dois rivais: possui 26. 

Sporting vence e reage

Em outra partida deste domingo, o Sporting de Lisboa conseguiu melhorar a colocação no Português, apesar da temporada decepcionante. Fora de casa, a equipe derrotou o Olhanense por 2 a 0 e subiu cinco posições na tabela, chegando ao nono lugar com 15 pontos.

Os gols da partida foram marcados por Labyad, aos 2min do primeiro tempo, e Adrien, aos 9min da etapa complementar. 

Confira outros resultados deste domingo em Portugal: 
Gil Vicente 0 x 1 Rio Ave
Paços Ferreira 1 x 0 Académica
Vitória de Setúbal 5 x 0 Moreirense

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade