1 evento ao vivo

Prostituta do "caso Ribéry" diz que foi bem tratada por trio

23 abr 2010
10h29
atualizado às 11h42

Zahia Dehar, prostituta francesa que ganhou fama mundial ao ter seu nome envolvido com alguns atletas da seleção nacional, veio a público defender o trio Franck Ribéry, Sidney Govou e Karim Benzema,

Em entrevista para uma rede de televisão francesa, Zahia afirmou ter sido "muito bem tratada" pelos jogadores e ter ficado "surpresa" com a repercussão. O caso pode resultar em pesada punição para os três, incluindo multa, tempo de prisão e até corte da Copa do Mundo da África do Sul.

A jovem francesa, hoje com 18 anos, mas que teria se envolvido com os atletas quando ainda era menor de idade, afirmou faturar cerca de R$ 50 mil mensais como garota de programa e que teria cobrado R$ 5 mil dos jogadores dos franceses.

A investigação sobre o envolvimento de Ribéry, Govou e Benzema no caso (Ben Arfa também estaria sendo investigado) segue na polícia local. Os advogados dos jogadores alegam inocência e acreditam na absolvição de seus clientes.

Ribery é um dos jogadores envolvidos no suposto caso de pedofilia
Ribery é um dos jogadores envolvidos no suposto caso de pedofilia
Foto: AFP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade