1 evento ao vivo

Juiz libera 27 santistas presos no Paraguai; 31 continuam detidos

8 jun 2011
20h36
atualizado às 21h41

O juiz paraguaio Juan Carlos Pane concedeu nesta quarta-feira a liberdade a 27 dos 58 torcedores do Santos que foram detidos na semana passada no Paraguai, acusados dos crimes de roubo e perturbação da ordem pública na cidade de San Lorenzo, próxima a Assunção.

O juiz impôs ao grupo uma multa de aproximadamente R$ 8 mil que serão doados a três entidades beneficentes, informaram fontes do Poder Judiciário local. No entanto, os outros 31 torcedores que também foram detidos permanecem reclusos.

A juíza Patricia González, que processou os santistas, confirmou que aqueles que ainda seguem presos assinaram um acordo para pagar uma indenização ao proprietário de uma lanchonete, danificada por atos de vandalismo do grupo e deverão ser liberados nas próximas horas.

Os incidentes foram registrados após a partida de volta das semifinais da Copa Libertadores, em que o Santos empatou com o Cerro Porteño por 3 a 3, no último dia 1º, assegurando uma vaga na decisão da competição´- o time brasileiro vencera o primeiro jogo por 1 a 0, no Estádio do Pacaembu.

Mais da metade dos torcedores santistas detidos no Paraguai continuam presos após esta quarta-feira
Mais da metade dos torcedores santistas detidos no Paraguai continuam presos após esta quarta-feira
Foto: EFE
EFE   
publicidade