0

Jürgen Klopp compara rival Bayern de Munique a um 'vilão de James Bond'

21 mai 2013
12h04

Uma das figuras mais carismáticas do futebol europeu atualmente, o técnico Jürgen Klopp ficou conhecido tanto por liderar o Borussia Dortmund a três inesquecíveis temporadas, recheadas de títulos e boas temporadas, quanto pelo seu estilo de dar entrevistas, sem poupar palavrões quando preciso e cheio de acidez.

Em conversa com o jornal inglês "The Guardian", Klopp falou sobre a recente perda de Götze para o rival Bayern de Munique e comparou o adversário da final da Liga dos Campeões a um "vilão de um filme de James Bond":

- O que posso dizer? Isso era o que eles queriam e se eles quiserem vão levar Lewandowski também. É como se fosse um filme de James Bond, só que eles são so vilões.

Em outro trecho da entrevista, Klopp falou mais sobre a perda de alguns jogadores. Além de Götze, o Dortmund teve que vender Sahin para o Real Madrid e depois Kagawa para o Manchester United:

- Queria que os jogadores fossem mais pacientes. Acho que podemos nos desenvolver em um dos principais clubes do mundo. Para Götze era tudo ou nada. Eu lhe disse que eles viriam no outro ano, mas o Bayern falou "é agora ou nunca". Kagawa quebra meu coração. Ele é um dos melhores meias centrais do mundo e joga 20 minutos por jogo no United - como meia esquerda! Sahin saiu porque o Real Madrid é o maior clube do mundo.

Por fim, o alemão pediu a torcida dos "neutros" na grande final da Liga dos Campeões neste sábado.

- Nós somos um clube, não uma empresa. Acho que se as pessoas pensam na história do Bayern, dos títulos da década de 70, das glórias, então vão torcer para eles. Mas se querem acompanhar uma nova história, uma história especial, então têm que torcer para nós. Neste momento, nosso projeto é o mais interessante do mundo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

publicidade