0

Kevin: Corinthians entra em contato com Vice-Cônsul e aguarda aval da família

14 mar 2013
11h40
atualizado às 11h55

O Corinthians emitiu uma nota oficial na manhã desta quinta-feira revelando os bastidores da assistência à família de Kevin Espada, que perdeu a vida no estádio Jesús Bermudez, durante a partida do San José, em Oruro (BOL). A nota foi emitida depois da reclamação dos pais do jovem boliviano, que ameaçaram até entrar na Justiça contra o clube.

De acordo com a diretoria do Timão, três contatos foram feito com o Vice-Consulado Brasileiro na cidade de Cochamba, para que o mesmo fosse o elo entre o clube brasileiro e a família. A falta de uma conversa direta entre os representantes brasileiros e os pais de Kevin não teria acontecido por conta de um pedido de tempo dos bolivianos, que gostariam de pensar melhor sobre o assunto.

Por fim, o Corinthians lembra que "Não é objetivo do Clube fazer demagogia. Ação nenhuma vai desfazer o episódio de Ururo. Renda, jogo em homenagem, nada irá acabar com a dor da família". Mesmo assim, o LNet! apurou que a intenção é doar a renda do jogo contra o próprio San Jose, além de fazer inúmeras homenagens a Kevin neste mesmo jogo, como um mosaico com seu nome, além de camisas personalizadas, além de outras ações.

VEJA A NOTA OFICIAL DO CORINTHIANS:

Caso Kevin

14/3/13 - 11h25 - Nota Oficial

Não era intenção da diretoria do Corinthians tratar o contato com a família do jovem Kevin Beltrán Espada de forma pública.

Por entender a gravidade da situação e, principalmente, por respeito à memória do menino boliviano, o Corinthians entrou em contato com o Vice-Consulado Brasileiro em Cochabamba para que fizesse o convite formal de uma conversa entre a diretoria do clube e família Espada.

Após três contatos com o Vice-Consulado desde o início de março, o Corinthians recebeu da família de Kevin, na manhã da última quarta-feira (13), mais um pedido de tempo para falar com a diretoria corinthiana.

Em respeito ao luto da família, o Corinthians concordou com o novo adiamento e tinha como ideia não tratar o assunto publicamente.

Não é objetivo do clube fazer demagogia. Ação nenhuma vai desfazer o episódio de Ururo. Renda, jogo em homenagem, nada irá acabar com a dor da família.

Entretanto, o clube tem por vocação ser solidário com a família, nas necessidades dela e dentro daquilo que o Corinthians puder fazer.

Sem mais por hora, o Corinthians seguirá com respeito ao luto da família e aguardará o tempo que os Espada acharem necessário para estabelecer contato.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade