0

László Gyetvai, ex-jogador da seleção húngara, morre aos 94 anos

28 ago 2013
11h13

László Gyetvai, de 94 anos, que era o ex-jogador mais velho ainda vivo a ter defendido a seleção da Hungria, morreu nesta quarta-feira em Budapeste, informou o Ferencváros, clube em que o lateral jogou entre 1933 e 1948.

Gyetvai marcou três gols pela seleção em 17 partidas e mais de 80 em seu clube, o Ferencváros, pelo qual disputou 230 jogos, lembrou o comunicado.

Na primeira temporada, em 1937, pela equipe principal do Ferencváros, conquistou a antiga "Copa Mitropa", uma precursora da Liga dos Campeões que era disputada por clubes da Europa central (Áustria, Itália, Hungria, Tchecoslováquia, Iugoslávia, Suiça e Romênia) e nas duas edições seguintes da mesma competição chegou ao segundo lugar.

Boa parte dos anos em que o lateral atuou foi durante a Segunda Guerra Mundial, quando não era organizadas Copas do Mundo, mas, mesmo assim, Gyetvai pertenceu a uma seleção considerada uma "potência mundial" do futebol.

Entre 1956 e 1959 dirigiu a equipe do "Egyetértés" e retornou ao seu clube em 1960, onde treinou os mais jovens e em 1980 foi eleito membro da direção de futebol do Ferencváros.

O clube em seu comunicado expressa seu pesar "em nome da direção, atletas e torcedores do clube", assegurando que ele "jamais" será esquecido.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade