0

Libertadores começa nesta semana para Grêmio e São Paulo

21 jan 2013
18h31
atualizado às 18h33

Grêmio e São Paulo disputam nesta quarta-feira a pré-Libertadores, enfrentando a LDU, do Equador, e o Bolívar, da Bolívia, para tentar garantir uma vaga na fase de grupos da maior competição de clubes da América do Sul.

O time gaúcho terá a vantagem de decidir seu confronto em casa, em duelo que marcará o primeiro jogo oficial na sua nova Arena.

Os comandados do técnico Vanderlei Luxemburgo chegaram na semana passada em Quito para um período de aclimatação à altitude de 2.850 metros da capital equatoriana, onde disputarão a partida de ida nesta quarta-feira, às 22h00 no horário de Brasília.

Na mesma data e no mesmo horário, o tricolor paulista recebe o Bolívar no Morumbi. Como o Grêmio, o São Paulo também disputará o jogo fora de casa na altitude.

Os são-paulinos precisam vencer com uma boa vantagem em casa para poder encarar com serenidade o desafio de jogar nos 3.637 m do estádio Hernando Siles de La Paz.

No ano passado, o Santos enfrentou o Bolívar nas oitavas de final da competição. Na ida, sofreu muito com a altitude e a catimba dos bolivianos, perdeu por 2 a 1, mas na volta aplicou uma goleada sensacional de 8 a 0 e avançou sem problemas para as quartas.

Se ambos os tricolores vencerem seus confrontos da pré-Libertadores, o Brasil ficará com seis clubes na fase de grupos, juntando-se a Corinthians (atual campeão), Fluminense (campeão brasileiro), Atlético Mineiro (vice-campeão brasileiro) e Palmeiras (campeão da Copa do Brasil).

O Grêmio pode integrar a chave 8, na qual enfrentaria o Fluminense, os chilenos do Huchipato e os venezuelanos do Caracas.

Já o São Paulo disputa uma vaga no grupo 3, no qual teria como adversários o Atlético Mineiro, o Arsenal, da Argentina e o The Strongest, da Bolívia.

O Palmeiras integra a chave 2, junto com os peruanos do Sporting, o Libertad, do Paraguai, e o San José, da Bolívia.

No grupo 5, o Corinthians iniciará a defesa do seu título contra o San José, da Bolívia, o Millonario, da Colômbia, e o Tijuana, do México.

A Argentina é o país mais vitorioso da competição, com 22 títulos conquistados pelos seus clubes, seis a mais do que o Brasil.

No entanto, as três últimas edições tiveram vencedores brasileiros, o Internacional em 2010, o Santos em 2011 e o Corinthians em 2012.

--Programação das partidas de ida da pré-Libertadores (horário de Brasília):

JOGO 1 Tigre (ARG) - Deportivo Anzoategui (VEN)

Terça-feira (21h15), no estádio Monumental Victoria de Buenos Aires

Quarta-feira (22h00), no estádio Casa Blanca, em Quito

JOGO 3 Tolima (COL) - U. Cesar Vallejo (PER)

Quinta-feira (22h15), no estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué

Quinta-feira (20h00), no estádio Centenario, em Montevidéu

Quarta-feira (22h00), no Morumbi, em São Paulo

JOGO 6 León(MEX) - Deportes Iquique (CHI)

Terça-feira (23h45), no Nou Camp, em León

Grupo 1: Barcelona (Equador), Nacional (Uruguai), Boca Juniors (Argentina), Toluca (México).

Grupo 2: Sporting Cristal (Peru), Libertad (Paraguai), Palmeiras (Brasil), vencedor do confronto 1.

Grupo 3: Arsenal (Argentina), The Strongest (Bolívia), Atlético Mineiro (Brasil), vencedor do confronto 5.

Grupo 4: Vélez Sarsfield (Argentina), Peñarol (Uruguay), Emelec (Equador), vencedor do confronto 6.

Grupo 5: Corinthians (Brasil), San José (Bolívia), Millonarios (Colômbia), Tijuana (México).

Grupo 6: Santa Fe (Colômbia), Cerro Porteño (Paraguai), Real Garcilaso (Peru), vencedor do confronto 3.

Grupo 7: Deportivo Lara (Venezuela), Universidad de Chile, Newell's Old Boys (Argentina), vencedor do confronto 4.

Grupo 8: Fluminense (Brasil), Huachipato (Chile), Caracas FC (Venezuela), vencedor do confronto 2.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade