publicidade
12 de fevereiro de 2014 • 00h09 • atualizado às 00h33

Atlético-MG joga mal, mas vence Zamora em estreia na Libertadores

 

Atual campeão da Copa Libertadores, o Atlético-MG estreou na edição 2014 da competição com vitória sofrida, após atuação sonolenta na cidade de Barinas, na Venezuela. Com gol de Jô no final do confronto, o time fez 1 a 0 sobre o Zamora, equipe de pouca tradição no campeonato, mas que chegou a pressionar nos minutos finais da partida.

Com o resultado, o time chega aos três pontos no Grupo 4, que ainda conta com Nacional, do Paraguai, e Santa Fé, da Colômbia. A equipe volta a campo no domingo para fazer o clássico com o Cruzeiro, às 17h (de Brasília), no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Mineiro. Na Libertadores, joga de novo contra o Santa Fé, em 26 de fevereiro.

A partida foi de movimentação tímida por parte de ambos os times desde o início do jogo. Ambos não conseguiram criar chances claras de gol durante os 90 minutos. Pelo contrário: sobraram jogadas feias, divididas, passes errados e finalizações sem qualquer propósito. Mesmo o Atlético-MG, que manteve a posse de bola, não mostrou eficiência no setor ofensivo.

Autuori orienta Atlético-MG em partida fora de casa
Foto: AP

Contestado nas últimas partidas da temporada, o técnico Paulo Autuori não gostou da atuação atleticana e mostrou irritação em diversos momentos do confronto. A única ação de maior emoção do primeiro tempo ocorreu aos 28min, quando Falcón recebeu passe na área e chegou a marcar o gol, depois de o assistente anotar impedimento.

Já no final do confronto, com ritmo reduzido, o Zamora passou a pressionar mais. Aos 36min, Ovalle recebeu pela esquerda e surpreendeu ao bater direto para o gol, assustando Victor. Aos 40min, o goleiro trabalhou bem ao segurar chute de Flores. O gol salvador atleticano saiu aos 43min, em cobrança de escanteio de Ronaldinho completada de cabeça por Jô.

Terra