PUBLICIDADE

Libertadores anuncia exclusão do Boca, mas volta atrás

15 mai 2015 14h51
| atualizado às 20h51
ver comentários
Publicidade

Uma grande confusão foi feita pelo Twitter oficial da Copa Libertadores da América na tarde desta sexta-feira. Um dia depois de torcedores do Boca Juniors protagonizarem cenas de vandalismo na suspensa partida diante do River Plate, pelas oitavas de final do torneio, a página oficial da competição na rede social anunciou a exclusão do time xeneize e a consequente classificação da equipe millonaria à próxima fase. Minutos depois, contudo, o Twitter da Libertadores voltou atrás e publicou comunicado da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) negando a expulsão.

Por volta das 14h40 desta sexta-feira, o Twitter oficial da Libertadores anunciou que o River estava classificado às quartas de final do torneio. Até mesmo uma arte com o chaveamento da competição, mostrando o time millonario como rival do Cruzeiro nas quartas de final, foi publicado. O planeta inteiro, então, noticiou que o Boca Juniors estava excluído e o River, classificado.

 

Cerca de quinze minutos depois, porém, tudo mudou. Isto porque a mesma página do torneio na rede social passou a publicar que "as sanções das quais estão se falando são apenas rumores". A partir daí, os tuítes disseram que somente a Conmebol se pronunciaria sobre alguma punição no sábado.

Até mesmo um comunicado da entidade que comanda o futebol sul-americano foi retuitado. Ele diz que a Unidade Disciplinar da Conmebol iniciou investigação sobre o caso nesta sexta-feira e que, de acordo com o regulamento, o Boca terá até as 15h (de Brasília) deste sábado para apresentar alguma defesa. Só a partir daí qualquer decisão será tomada. Que lambança!

 

O vandalismo que tem causado toda esta polêmica aconteceu na noite desta quinta-feira, durante o superclássico entre Boca e River, na Bombonera. A partida estava empatada por 0 a 0, quando, na volta para o segundo tempo, torcedores do time mandante soltaram gás de pimenta no túnel de acesso do River Plate ao campo. Os atletas do Boca já estavam no gramado.

Jogadores do River Plate foram atingidos por gás de pimenta na volta do intervalo
Jogadores do River Plate foram atingidos por gás de pimenta na volta do intervalo
Foto: Juan Mabromata / AFP

Alguns jogadores do River começaram a passar mal por causa do gás. Eles cobriram os olhos e o nariz, mas ficaram sem enxergar ou respirar bem, além de terem manchas vermelhas no corpo e nas camisetas. Neste meio tempo, um drone com um "fantasma da Série B" sobrevoou o campo da Bombonera, ironizando o rebaixamento do River em 2011.

Drone do "Fantasma de la B" apareceu no pior momento possível
Drone do "Fantasma de la B" apareceu no pior momento possível
Foto: Alejandro Pagni / AFP

Não houve como encerrar a partida – que, então, foi suspensa pela Conmbebol. Até que o elenco visitante deixasse o campo, porém, mais cenas de selvageria foram protagonizadas por alguns torcedores do Boca. Garrafas foram lançadas ao campo, e os atletas do River só conseguiram se dirigir aos vestiários depois de cerca de uma hora e vinte minutos, escoltados por policiais.

River só conseguiu deixar o campo protegido pelos escudos da polícia
River só conseguiu deixar o campo protegido pelos escudos da polícia
Foto: Iván Fernández / EFE

Os jogadores do River Leonardo Ponzio, Leonel Vangioni, Ramiro Funes Mori e Matías Kranevitter foram levados ao Instituto de Diagnóstico do estádio, onde acabaram examinados. O diagnóstico apontou que eles têm ceratite química, inflamação provocada quando produtos químicos entram em contato com a córnea - parte transparente e protetora do olho. Assim, a equipe médica do time determinou "um repouso de 72 horas" aos quatro atletas.

La Bombonera foi fechada temporariamente após selvageria desta quinta-feira
La Bombonera foi fechada temporariamente após selvageria desta quinta-feira
Foto: Alejandro Pagni / AFP

Também nesta sexta-feira, a Bombonera foi fechada temporariamente a pedido de um promotor argentino. Martín Ocampo anunciou o fechamento preventivo do campo xeneize e disse que nesta sexta-feira será realizada uma inspeção para obter provas, como, por exemplo, no túnel inflável pelo qual os jogadores do River acessaram para chegar ao campo.

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade