0

Decisivo, Giuliano ignora prêmio individual e dedica título à mãe

19 ago 2010
00h52

Artilheiro do Inter com seis gols, decisivo em todos os momentos cruciais das fases eliminatórias e visto como "talismã" pela torcida colorada. Após o título do time gaúcho na Copa Libertadores de 2010, esse foi o saldo do meia Giuliano - que, mesmo assim, não cria esperanças quanto à possibilidade de ser eleito o melhor jogador da competição.

"Não tenho expectativa. Sei que fiz um grande trabalho e gols importantes. Se acontecer, será consequência", afirmou o meia à SporTV , após a vitória por 3 a 2 sobre o Chivas, no Beira-Rio. "Acho que seria injusto se o Internacional não saísse com a vitória e com o título de campeão. Gostaria de mandar um beijo para a minha família em Curitiba. As pessoas falaram que não iria dar certo no fim, mas nós vencemos, e esse título é para você, mãe".

Com informações de Lancepress!

Vitória por 3 a 2 no Beira-Rio deu ao Inter o bicampeonato da Copa Libertadores
Vitória por 3 a 2 no Beira-Rio deu ao Inter o bicampeonato da Copa Libertadores
Foto: AP
Terra

compartilhe

publicidade
publicidade