0

Deputados negociam, e doações à família de Kevin devem alcançar R$ 2,5 mi

6 abr 2013
13h12
atualizado às 13h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Em conjunto com a embaixada brasileira na Bolívia, a comitiva de deputados brasileiros encaminhou, na manhã deste sábado, a série de doações que deverá ser realizada por diferentes órgãos à família de Kevin Espada. Corinthians, Conmebol, CBF e Federação Boliviana, de acordo com o deputado federal Vicente Cândido (PT-SP), se inclinaram de forma favorável a doações.

<p>Presidente da CBF, Jos&eacute; Maria Marin, esteve ao lado do deputado Vicente C&acirc;ndido para alinhavar as doa&ccedil;&otilde;es</p>
Presidente da CBF, José Maria Marin, esteve ao lado do deputado Vicente Cândido para alinhavar as doações
Foto: Dassler Marques / Terra

O Corinthians sinalizou em doar de maneira integral a renda líquida do encontro da próxima quarta-feira, no Pacaembu, contra os próprios bolivianos do San José. Esse valor deve se aproximar de R$ 2 milhões. Já a Conmebol, segundo Vicente Cândido, topou repassar à família Espada o valor da multa paga pelo próprio Corinthians por conta do episódio em Oruro: R$ 400 mil.

Nesta manhã de sábado, em encontro em hotel na cidade de Santa Cruz de la Sierra, José Maria Marin (presidente da CBF), Marco Polo Del Nero (vice e presidente da Federação Paulista), Nicolás Leóz (presidente da Conmebol) e Vicente Cândido, entre outros dirigentes, se reuniram para tratar do tema. Pouco antes, Cândido se encontrou com Limbert Beltrán e Carola Espada, pais de Kevin.

Segundo ele, uma das missões dos deputados é organizar as informações acerca de recompensas a serem destinadas à família Espada. Nos dias anteriores, chegou a ser apontada por diplomatas e advogados envolvidos no caso uma diferença de valores por um erro de tradução na conversa entre bolivianos e brasileiros. Vicente Cândido assegurou que o tema foi bem aceito pela família Espada, inclinada a aceitar as doações.

Apesar disso, Limbert e Carola não devem comparecer às 16h30 deste sábado para acompanhar a partida entre Brasil x Bolívia. Parte da renda será destinada pela Federação Boliviana aos familiares de Kevin. 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade