9 eventos ao vivo

Imprensa mexicana diz que "Chivas vive" e pede luta

28 jul 2010
13h33
atualizado às 22h28

A imprensa do México mostrou nesta quarta-feira confiança em que o Chivas Guadalajara poderá alcançar na próxima semana a decisão da Copa Libertadores. Na terça, o time reagiu e buscou empate por 1 a 1 em casa com a Universidad de Chile, na partida de ida das semifinais do torneio continental.

"Chivas vive", "Não se renda", "Se recuperaram" e "A casa não pesa" são alguns dos títulos mais otimistas, enquanto a seção Cancha, do jornal Reforma, é menos eufórica ao publicar como manchete: "magro empate".

O periódico Récord acredita que "a final ainda é possível" para o Chivas, que terá de vencer ou empatar por dois ou mais gols na partida de volta, na próxima terça-feira, no Chile.

"Foi um resultado inesperado, mas o Chivas ainda está com vida e precisará de um gol em Santiago", comenta o jornal.

Para a publicação Esto, o Chivas parece ter sido prejudicado pela própria decisão de sair de seu estádio, o Jalisco, e jogar na capital mexicana.

Para o Excélsior, a equipe mexicana desperdiçou a condição de mandante no estádio Azteca e teve de reagir para não ir em desvantagem para a partida de volta.

No jogo de ontem, o defensor Olarra abriu o placar para os chilenos e o atacante Arellano empatou para o Chivas.

Chiva empata com Universidad no Estádio Azteca
Chiva empata com Universidad no Estádio Azteca
Foto: AP
EFE   
publicidade