0

Palmeiras empata com Nacional e é eliminado da Libertadores

17 jun 2009
21h14
atualizado às 21h59

O Palmeiras está fora da Copa Libertadores de 2009. A equipe paulista empatou em Montevidéu com o Nacional em 0 a 0 e foi eliminada nas quartas-de-final do torneio. O primeiro jogo, disputado no Palestra Itália, havia terminado com um empate em 1 a 1, o que garantia aos uruguaios a vantagem do empate sem gols.

Agora o Nacional espera quem passar de Estudiantes e Defensor para conhecer seu adversário na semifinal. No primeiro jogo, os argentinos venceram fora de casa por 1 a 0. A partida de volta acontece nesta quinta-feira, dia 18, na Argentina.

Mesmo jogando fora de casa, o Palmeiras começou o jogo pressionando o adversário, apostando na bola aérea. Aos 8min, Cleiton Xavier cobrou escanteio, o goleiro Muñoz espalmou e a bola bateu no travessão. O primeiro lance de perigo para o Nacional saiu aos 16min, quando Arismendi cobrou falta da intermediaria com força e Marcos espalmou para fora.

A partir daí os uruguaios passaram a equilibrar a partida e o Palmeiras começou a encontrar uma maior dificuldade para atacar. As duas equipes paravam na marcação no meio de campo. O Palmeiras teve uma boa chance de abrir o placar aos 30min. Diego Souza finalizou dentro da área e, após desvio em Keirrison, a bola enganou o goleiro e passou por cima do travessão.

O jogo voltou truncado no segundo tempo. As duas equipes tinham dificuldade de passar da intermediária. O jogo aéreo passou a ser usado pelas duas equipes para fugir da marcação. O primeiro lance de perigo na etapa complementar saiu aos 13min, quando Danilo completou cobrança de escanteio e exigiu boa defesa de Muñoz.

Vendo o relógio avançar, o treinador Vanderlei Luxemburgo apostou em um esquema com três atacantes (Keirrison, Ortigoza e Obina) para furar a defesa do Nacional. O Palmeiras finalmente achou um espaço para finalizar aos 24min, quando Obina girou sobre a marcação e finalizou à direita do gol.

Com o regulamento a seu favor, o Nacional deixou de atacar e tentar manter a bola no campo do Palmeiras. Os uruguaios só avançavam quando viam oportunidade de contra-ataque. Os paulistas por pouco não fizeram seu gol aos 39min, quando Obina desviou cruzamento de Ortigoza e a bola passou à esquerda do gol de Muñoz. O Nacional também perdeu chance de marca, aos 40min, mas García desperdiçou contra-ataque e bateu para fora.

A última chance palmeirense foi protagonizada pelo goleiro Muñoz. O jogador do Nacional saiu mal do gol e Cleiton Xavier tentou encobri-lo. O goleiro conseguiu voltar à pequena área e espalmou as chances de classificação do Palmeiras.

Ficha Técnica

Lances polêmicos
Aos 31min do primeiro tempo, Biscayzacú aproveitou rebote da defesa palmeirense e chutou de fora da área. A bola bateu no braço de Maurício Ramos na sequência, mas a arbitragem não viu infração.

Armero tentou cruzamento aos 43min da etapa inicial e bola bateu no braço de Coates dentro da área, mas o juiz mandou o jogo seguir.

Ponto Forte do Nacional
Forte marcação, tanto no meio-campo quanto na área, parou o Palmeiras

Ponto Fraco do Nacional
Atacou pouco por ter a vantagem do empate sem gols

Ponto Forte do Palmeiras
Criação de jogadas pela esquerda com Armero

Ponto Fraco do Palmeiras
Baixo número de finalizações dentro da área

Personagem do jogo
Sebastián Coates, que foi bem na marcação e na bola aérea

Esquema Tático Nacional
3-5-2
Muñoz; Coates, Victorino e Romero; Rodríguez, Morales, Arismendi, Lodeiro (Pereyra) e Domínguez; Medina (Morales) e Biscayzacú (García); Técnico: Gerardo Pelusso

Esquema Tático Palmeiras
3-5-2
Marcos; Maurício Ramos, Danilo e Marcão (Obina); Wendel (Souza), Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Armero; Willians (Ortigoza) e Keirrison; Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões Amarelos
Nacional: Domínguez
Palmeiras: Maurício Ramos e Diego Souza

Árbitro
Carlos Vera (EQU)












Keirrison não conseguiu marcar no empate sem gols entre Nacional e Palmeiras
Keirrison não conseguiu marcar no empate sem gols entre Nacional e Palmeiras
Foto: AFP
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade